Desrespeito ao decreto continua Diário da Região - Artigos

Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 31 min 17
24/03/2020 - 00h30min

Direto da Itália

Desrespeito ao decreto continua

No fim de semana, o governo do Vêneto, aqui na região norte da Itália - uma das áreas mais atingidas pelo coronavírus - e o primeiro ministro italiano, Giusepe Conte, apertaram ainda mais as medidas restritivas para a população. Muitos italianos e imigrantes desrespeitam a determinação para todos permanecerem em casa. Os governantes ampliaram a presença da polícia na rua e, consequentemente, as multas e prisões cresceram. Os alvos das punições são aqueles que, ao serem abordadas nas vias públicas, não apresentam uma boa justificativa para terem saído de casa.

Para driblar as medidas restritivas, muita gente tem ido, por exemplo, nos mercados várias vezes ao dia, saído para passear com os cachorros também várias vezes. Nas novas determinações, as pessoas são obrigadas a fazerem suas compras e saírem somente dentro de 200 metros de distância das suas residências. Nada de passeios, de corridas, de andar de bicicleta. Conte também determinou o fechamento de todas as empresas e indústrias que não sejam de extrema necessidade para a população.

Todos estão muito assustados com os números de mortes e infectados por aqui. A Itália já passou a China em número de mortes há alguns dias e o governo tem se preocupado demais com o contágio. Por isso as medidas mais duras. A polícia iria começar a usar drones e dados das empresas de telefonia para saber se a população tem cumprido suas obrigações e ficado em casa, é quase um big brother.

O jornal de Treviso informou, no último sábado, 21, que a polícia local prendeu quatro albaneses por estarem na rua. Ao serem indagados sobre o que estavam fazendo, eles disseram que estavam num bar, conversando e fazendo um aperitivo (bebendo). Foram multados. E existem casos e mais casos de desrespeito ao decreto. Em Nápoles, a polícia prendeu até um padre que estava celebrando uma cerimônia festiva para dezenas de pessoas.

A minha preocupação é que, se aqui na Itália, com o governo focado em combater a doença, estamos assim, com o povo negligenciando o isolamento, imagina como será no Brasil, onde o governo foi, no mínimo, errático nas providências iniciais e temos menos recursos de segurança pública e de saúde. Vai depender da iniciativa e conscientização individual. Torçamos.

Henrique Fernandes, Jornalista rio-pretense, que está em Trevignano, na Itália, relata como a Europa está lidando com a Covid-19

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.