Peça narra drama deimigrantes africanosÍcone de fechar Fechar

Barulho D'água

Peça narra drama deimigrantes africanos


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Um dos episódios mais emblemáticos da história da imigração serviu como fonte de inspiração para o espetáculo Barulho D'água, da Companhia Nova de Teatro, que será apresentado pela primeira vez em Rio Preto neste sábado, dia 14, às 20h.

A peça é estrelada pelo ator Alexandre Rodrigues (Cidade de Deus), e narra a travessia de imigrantes, em sua maioria refugiados de zonas de conflitos, atravessando o Mar Mediterrâneo em embarcações precárias rumo a países europeus. Em cena, o ator traz à tona as angústias e aflições vividas pelos refugiados, durante a trajetória no mar, enquanto a atriz Rosa Freitas entoa as canções do espetáculo, acompanhada, ao vivo, do ator e bailarino haitiano I Stan. Já Marcos Roza dá vida ao general que representa os serviços das capitais europeias que praticam a 'política de acolhimento'.

Há 11 anos, cerca de 230 pessoas se afogaram em um naufrágio, no Mar Mediterrâneo. Um barco, que saía da Líbia em direção à ilha italiana de Sicília, virou, após partir em meio a uma tempestade.

Na época, o dramaturgo italiano Marco Martinelli transformou em dramaturgia a perda de centenas de vidas. O diretor tomou como base depoimentos de cinco refugiados, que foram colhidos pelo próprio Marco, na ilha de Lampedusa, na região da Sicília (Itália).

A peça já foi montada em diversos países, originalmente como um monólogo. A versão brasileira ganhou uma adaptação pela diretora e tradutora Carina Casuscelli.

Serviço

Espetáculo Barulho D'água. Hoje, às 20h. Teatro do Sesc. Ingressos R$ 9 (credencial plena), R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira). 16 anos