Visite museus do mundo inteiro pela webÍcone de fechar Fechar

ARTE E CULTURA

Visite museus do mundo inteiro pela web

Veja o que consumir em casa com o avanço do novo coronavírus. É possível visitar museus do mundo inteiro pela internet e também o zoológico de San Diego, com seus macacos e pandas simpáticos


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Quando foi a última vez que você foi a um museu? Se a sua resposta for "faz muito tempo", eu tenho uma solução para você. Não é preciso viajar quilômetros para apreciar quadros famosos ou peças raras em galerias. A visitação virtual é uma opção gratuita e a alternativa não é uma novidade. Há algum tempo, antes mesmo da pandemia do coronavírus, as instituições têm investido na digitalização de suas obras e espaços. Com o fechamento das portas dos locais por causa do Covid-19, as pessoas podem fazer visitas pela internet ou até mesmo por meio de aplicativos.

Fechado por tempo indeterminado, o Museu do Louvre, na França, um dos principais países atingidos pelo coronavírus na Europa, por exemplo, conta com uma visitação virtual em suas salas e galerias. Para fazer a visita basta acessar o site https://www.louvre.fr/en/visites-en-ligne. Será possível ver algumas das pinturas e esculturas mais importantes da história da arte. Destaque para a Galerie d'Apollon, situada acima da Petite Galerie. Ela foi destruída por um incêndio em 1661, reconstruída e restaurada recentemente. O teto, iniciado por Le Brun, é uma homenagem ao rei do sol, Luís XIV.

O Museu Casa de Portinari, em Brodowski, São Paulo, tem um tour virtual do espaço em seu site. Ao entrar na página www.museucasadeportinari.org.br, o visitante já recebe orientações para fazer um tour pelo local, que foi a casa onde Candido Portinari cresceu e passou a infância, e guarda detalhes que vão além das obras deixadas pelo artista plástico.

A lista de museus com galerias virtuais são: Pinacoteca de Brera (pinacotecabrera.org), Galeria Uffizi (https://www.uffizi.it/mostre-virtuali), Museu Arqueológico de Atenas (https://www.namuseum.gr/en/collections/), Museu Arqueológico de Atenas (https://www.mis-sp.org.br/acervo/online), Museu do Prado em Madri (museodelprado.es/en/the-collection/art-works), Museu Britânico (https://www.britishmuseum.org/collection), Museu Metropolitano de Nova York (https://www.metmuseum.org/), Galeria Nacional de Arte (https://www.nga.gov/) e Pinacoteca de São Paulo (http://pinacoteca.org.br/).

Além das páginas de cada museu, o Google Arts & Culture reúne vários museus e galerias ao redor do mundo e permite visitas virtuais em espaços de arte. Por meio do aplicativo, é possível visitar as principais exposições, ver obras de arte com zoom de forma detalhada e navegar por milhares de histórias, fotos, vídeos e manuscritos. O Google Arts & Culture já trabalhou em parceria com mais de 1,2 mil museus, galerias e instituições de 70 países para disponibilizar as exposições deles online para todos.

Pais e filhos

Uma forma para transformar esse período desafiador em uma oportunidade de diversão e vínculo entre pais e filhos é acessar o site do zoológico de San Diego, na Califórnia, por meio do link https://zoo.sandiegozoo.org/cams/ape-cam. O site tem câmeras ao vivo espalhadas pelo local, que também está fechado temporariamente para visitas. Na tarde desta sexta-feira, 19, por exemplo, a reportagem viu uma família de macacos brincando em um dos espaços. Dá ainda para ver elefantes, tigres, pinguins, pandas e até girafas.

Pensando nas crianças que tiveram as aulas suspensas e não poderão sair de casa, a plataforma Globoplay liberou 30 filmes infantis, que incluem animações do catálogo da Disney, além de séries e temporadas antigas de Malhação por um mês para não-assinantes. Entre os títulos disponibilizados gratuitamente estão "Cinderela", "Malévola", "Os Incríveis", "Monstros S.A.", "Mulan, Thor: O Mundo Sombrio" e "Capitão América 2: O Soldado Invernal". A plataforma SPCine Play também liberou seu conteúdo gratuitamente por 30 dias.

As crianças, que tiveram que parar as aulas de idiomas, podem recorrer ao aplicativo Duolingo, que é gratuito, tem 36 idiomas e pode ser acessado por desktop ou celular. As aulas estimulam um aprendizado de forma intuitiva, em que cada lição é um jogo. Os exercícios são elaborados para ajudar a criança a aprender e revisar o vocabulário de maneira eficaz. É possível ganhar moedas virtuais, desbloquear novos níveis e ver como a pontuação de fluência aumenta à medida que a criança aprende novas palavras.

Divulgação

Em Rio Preto, a artista plástica Norma Vilar vai ensinar as pessoas a arte da cerâmica sem sair de casa. Como muitas pessoas vão permanecer em casa com o objetivo de minimizar o avanço da transmissão local, a artista resolveu usar o seu tempo livre, em sua residência, para contribuir com aqueles que entendem da mesma forma que ela: que tempo ocioso é tempo perdido, e tempo perdido é vida desperdiçada.

Norma vai oferecer, gratuitamente, um curso online de arte em cerâmica, com duração de quatro dias. A primeira aula será nesta segunda-feira, 23. "Nesse curso, vou ensinar como produzir vasos escultóricos personalizados sem sair de casa. Mesmo para aqueles que acham que isso não lhe interessa, vale a pena dar uma olhada. São momentos de puro prazer e recreação". Para participar do curso, denominado "Maratona arte em cerâmica" é preciso acessar o link https://normavilar.com.br/cadastro e fazer a inscrição.