Após filas, Saúde cria 3º ponto de drive thru Diário da Região - Saúde

Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 31 min 17
24/03/2020 - 21h08min

Vacina contra gripe

Após filas, Saúde cria 3º ponto de drive thru

Partec também terá o sistema de vacinação; com isso, Rio Preto tem 30 espaços para vacina

Guilherme Baffi 24/3/2020 Veículos em fila em forma de caracol no estacionamento do Centro Regional de Eventos, onde espera pela vacina foi de duas horas e meia
Veículos em fila em forma de caracol no estacionamento do Centro Regional de Eventos, onde espera pela vacina foi de duas horas e meia

Após longas filas de veículos e espera de até três horas pela imunização contra a gripe nos pontos de vacinação com o sistema drive thru, a Secretaria de Saúde de Rio Preto criou um terceiro espaço com esse sistema, em que o paciente nem precisa descer do carro. Destinado apenas aos idosos acima de 60 anos, o novo local será no Parque Tecnológico (Partec) e começa a funcionar já nesta quarta-feira, 25.

Nesta terça-feira, 24, primeiro dia da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, foram aplicadas 16.956 doses da vacina em todos os 30 pontos de imunização - 2,5 mil apenas nos dois pontos de drive thru - no Parque Ecológico Dr. Joaquim de Paula Ribeiro, na zona norte, e no Centro Regional de Eventos. Neste último, houve discussões entre motoristas que aguardavam e filas duplas.

Era tanta gente que o comando da Guarda Civil Municipal (GCM) teve de triplicar o efetivo presente no local, para reorganizar o trânsito no estacionamento do Centro Regional de Eventos e na avenida José Munia - a fila de carros se aproximou da avenida Alberto Andaló.

Ana Lúcia Ribeiro, de 59 anos, chegou a ficar 2h30 na fila de espera para receber a vacina. Falta um ano para ela se encaixar na faixa de idoso, mas foi vacinada após apresentar atestado médico de tratamento contra o câncer. "Demorou um pouco, mas valeu a pena, porque é mais seguro esperar dentro do carro, sem risco de pegar o vírus numa fila de posto de saúde", diz a moradora.

O diretor da GCM, Silvio Pedro da Silva, disse que a vacinação no drive thru começou tranquila, controlada por três agentes, mas uma hora depois a grande quantidade de veículos obrigou a triplicar o efetivo. "Pessoal entrou em desespero e veio todos para cá (Centro Regional de Eventos)."

Apesar da demora pela quantidade de pessoas, a modalidade drive thru foi bem aceita. "Eu demorei um pouco para chegar e receber a vacina, mas vejo que está bem organizada", afirma Raul de Oliveira Júnior, 70 anos. Claudete Ribeiro, 71 anos, também gostou.

No outro ponto em que a modalidade drive thru está sendo aplicada, também houve lotação de veículos, mas sem tumulto. "Se for necessário, vamos criar um outro ponto de drive thru", afirmou o secretário da Saúde, Aldenis Borim.

Segundo a Saúde, apesar da grande procura, ainda há estoque de vacinas para atender Rio Preto e nova remessa chegou. "Nesta terça-feira, recebemos 32 mil doses da vacina contra a influenza", disse Borim.

Escolas

A campanha também foi realizada em 27 escolas, com filas enormes de idosos à espera da aplicação da dose. Muitos não respeitaram a distância mínima de segurança entre outras pessoas, de um metro e meio.

Em um dos pontos de vacinação, a escola municipal Irmã Dulce, no Santo Antônio, a fila parou por 40 minutos, porque as doses tinham acabado.

O aposentado João Batista Maia, 60 anos, lamentou que, apesar de ter chegado às 8h - horário do início da vacinação -, às 10h ainda não tinha recebido sua dose. "Falaram que mais doses iriam chegar. O governo fala para não ter aglomeração, mas impossível não ter se a gente têm de esperar tanto tempo", reclama o idoso.

Público-alvo

Embora a vacina da gripe não proteja contra o coronavírus, a campanha foi antecipada pelo Ministério da Saúde em razão da pandemia. Os idosos, principais alvos letais da doença, são os primeiros como forma de prevenir a influenza e para facilitar a triagem em caso de problema respiratório.

Nesta primeira etapa, de 24 de março a 15 de abril, a imunização será voltada para pessoas com 60 anos ou mais e profissionais da área da saúde. A meta da campanha no município é vacinar 78 mil pessoas inseridas nesses grupos.

De 16 de abril a 8 de maio, serão incluídos professores, portadores de doenças crônicas e forças de segurança. Na terceira e última fases, a partir de 9 de maio, serão incluídas crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, privados de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos com idades de 55 a 59 anos.

Clique aquiPontos de vacinação

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.