Transporte público vai rodar com 50% da frota a partir de segunda Diário da Região - Rio Preto

Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 31 min 21
21/03/2020 - 00h30min

TRANSPORTE REDUZIDO

Transporte público vai rodar com 50% da frota a partir de segunda

Transporte público de Rio Preto vai operar com metade dos horários a partir de segunda-feira, 23. Serão 52 ônibus a menos devido à redução de passageiros

Johnny Torres/Arquivo Terminal Rodoviário de Rio Preto teve queda de movimento com a suspensão das aulas escolares
Terminal Rodoviário de Rio Preto teve queda de movimento com a suspensão das aulas escolares

O transporte público de Rio Preto vai operar com metade dos horários a partir desta segunda-feira, 23. O consórcio Riopretrans - formado por Circular Santa Luzia e Itamarati - vai retirar 52 ônibus de circulação por conta da redução da demanda pelos itinerários, principalmente com o fechamento do comércio decretado pelo prefeito, Edinho Araújo (leia mais na página 6B).

A decisão já vinha sendo discutida entre consórcio e a Secretaria Municipal de Trânsito desde a quarta-feira, 18, quando o movimento reduziu significativamente com a suspensão gradual das aulas nas escolas das redes Estadual e Municipal - e suspensão total a partir do dia 23 - e a modalidade de home office adotada por empresas do município.

Nesta sexta-feira, 20, pós-feriado municipal, a redução chegou a 10 mil passageiros a menos nos horários da manhã e final da tarde, considerados como os picos de público. "E agora com o fechamento do comércio a gente imagina que essa redução será ainda maior a partir de segunda-feira", afirmou o secretário Amaury Hernandes.

A alteração, segundo o Trânsito, não reduz o horário total de funcionamento do transporte público da cidade. De acordo com o Consórcio Riopretrans, os ônibus continuam a rodar das 5h a 1h30 como nos dias úteis. Outra questão é de que não haverá cortes em horários de mais movimentos.

O secretário afirmou que a ideia é que nenhum ônibus embarque ou desembarque com superlotação e muito menos com pessoas em pé. "Vamos monitorar para todos andarem sentados. Evitar gente em pé. Como nossos ônibus têm até 12 metros, o máximo possível de pessoas em pé será oito passageiros, fora disso é para esperar o próximo", explicou.

Dos 272 veículos, 220 circularão nos horários de pico. No meio do dia, parte ficará parada e, se necessário, será utilizada em linhas que registrarem lotação.

Medidas como o desligamento do ar-condicionado dos ônibus que possuem o equipamento e a higienização dos veículos durante embarques e desembarques continuam. "São todas ações que vamos monitorar dia a dia para saber se precisa mudar, intensificar", afirmou Hernandes.

Rodoviário

A redução de circulação de pessoas nos terminais de transporte coletivo está refletida também no transporte intermunicipal e rodoviário. Na Rodoviária de Rio Preto, três empresas fecharam as portas nesta sexta-feira, 20. Andorinha, Garcia e Reunidas Paulistas, que vão para destinos como Rio de Janeiro e Bauru, não abriram os guichês.

Outras empresas, como a Roderotas, operam com redução de horários para regiões como o Sul do País. Na Guerino, linhas para Tupã estão suspensas. A Viação Cometa, responsável por fazer Rio Preto - São Paulo de hora em hora, operou apenas em três horários.

As mudanças fazem parte de decisões de municípios que receberam as viagens, como Santos, onde a Prefeitura proibiu a chegada de turistas. Por enquanto não há previsão para retorno da normalidade dos serviços.

Na região, Santa Fé do Sul também decidiu por suspender o serviço até que a situação seja ao menos amenizada - nenhum ônibus tem permissão para fazer desembarque no terminal rodoviário da cidade.

 

Risco de cancelamentos

O medo dos passageiros com o risco de contaminação com o coronavírus poderá causar o cancelamento de seis voos das empresas aéreas Azul e Latam neste final de semana. A estimativa é feita pela direção do Aeroporto de Rio Preto - que já enfrenta a escassez de passageiros.

Segundo a diretora regional do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), Vanda Bolçone, somente na sexta-feira, 20, ocorreram cinco cancelamento de voos. "Pelo nosso levantamento, foram cancelados dois voos da Latam e três da Viação Azul. A fila de pessoas que pedem o reembolso é enorme. Sinceramente, nunca vi nada igual", comenta a diretora.

De acordo com Vanda, o movimento do aeroporto caiu 40% nas últimas duas semanas e há possibilidade de maior queda nos próximos dias, com o fechamento parcial de empresas ligadas ao comércio e à prestação de serviço. (Colaborou Marco Antônio dos Santos)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.