Inimigos do seu relaxÍcone de fechar Fechar

Saúde

Inimigos do seu relax

Cama e sofá estão entre os ambientes preferidos para os ácaros


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Você chega em casa após um dia cansativo na faculdade ou no trabalho e tudo o que quer é se esticar no sofá e descansar sossegada, certo? Ou tomar um banho e colocar um pijama confortável e se jogar na cama. Se essa é a sua rotina frequente, está na hora de começar a olhar para esses ambientes com mais atenção. Depois da cama, o sofá é o segundo lugar preferido para os ácaros, segundo mostra um estudo feito pela bióloga Raquel Binotti e o médico Celso Henrique de Oliveira, ambos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Apesar de serem organismos extremamente pequenos, os ácaros são responsáveis por causar doenças alérgicas como rinite, asma alérgica e dermatite atópica. São mais de 30 mil espécies de ácaros que se alimentam de escamas de pele humana liberados por descamação e de animais, essa praga doméstica costuma habitar camas, sofás, tapetes e cortinas. Além disso, ácaros mortos e seus excrementos dispersam-se em poeira fina, o que também pode resultar em quadros alérgicos, que se agravam em épocas de chuva e com alterações no clima.

Um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Kingston, na Inglaterra, mostrou que os ácaros precisam de calor e umidade para sobreviver. Para que provoquem uma reação alérgica, porém, é necessário que a pessoa já tenha algum problema. "Geralmente, acometem aquelas que têm asma ou rinite, alergias respiratórias mais comuns", explica a otorrinolaringologista Adriana Albarello.

"É quase impossível eliminar completamente os ácaros de casa, mas há algumas medidas de controle que podem evitar a proliferação. A principal é retirar a poeira de colchões, sofás e tapetes ou carpetes. É recomendada a troca da roupa de cama semanalmente e também higienizar o colchão, o sofá e os travesseiros semanalmente com um aspirador", explica Bianca Amaral, diretora de operações de uma empresa de soluções de manutenção de casa e automóveis. "Carpetes, cortinas e bichos de pelúcia devem ser evitados, já que podem acumular poeira e ácaros", diz a otorrinolaringologista Maura Neves, do hospital universitário da USP. Manter os ambientes sempre bem ventilados e evitar a proximidade com tintas, produtos de limpeza, perfumes, fumaça e outros agentes irritantes para o nariz também são medidas importantes.

"Evitar o contato com o ácaro, que prolifera na poeira doméstica, especialmente nos lençóis e travesseiros, tapetes, colchões, cobertores, carpetes, cortinas e bichos de pelúcia. Por isso, o ambiente deve ser bem ventilado, cuidadosamente limpo e, de preferência, ensolarado", sugere Adriana.

  • Poeira: Utilize um pano úmido para remover a poeira dos móveis;
  • Colchões e travesseiros: Troque frequentemente a roupa de cama e use capas antiácaros. Substitua colchões e travesseiros a cada seis anos, em média;
  • Portas e janelas: Devem estar sempre abertas para a circulação do ar;
  • Materiais têxteis: Cortinas, tapetes almofadas e bichos de pelúcia também oferecem riscos. O ideal é fazer a aplicação de acaricida a cada 15 dias;
  • Ar-condicionado: Limpe os filtros e de maneira adequada para evitar que os ácaros que ficam escondidos nele se espalhem pelo ambiente.

Fonte: Sarah Lazarett, enfermeira