Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 23
20/02/2020 - 00h30min

Painel de Ideias

Estúdio a céu aberto

Penso que a história de George Orwell há muito foi superada. A ficção não deu conta da realidade tecnológica do século 21. Faz tempo que as ruas se transformaram em um grande e permanente set de filmagem. A cada instante, todo mundo filma tudo e todo mundo

Há, ainda hoje, quem se assombre com "1984", obra que previu uma sociedade totalmente monitorada vinte e quatro horas por dia. Para quem não leu, recomendo, mas faço o alerta: é um livro, com aquele monte de coisa escrita. Tem gente que não gosta.

Penso que a história de George Orwell há muito foi superada. A ficção não deu conta da realidade tecnológica do século 21. Faz tempo que as ruas se transformaram em um grande e permanente set de filmagem. A cada instante, todo mundo filma tudo e todo mundo. Nas ruas, lojas, escritórios, casas, consultórios, ônibus, prédios, repartições públicas, lá estão as câmeras de segurança, dispositivos de um imenso sistema de monitoramento usado em escala crescente. Máquinas modernas, rápidas, interligadas, colhendo dados. Hoje, além dos aviões, há mais coisas entre o céu e a terra do que imagina nossa vã filosofia: os drones.

Prevenção e combate ao crime, reconhecimento facial, monitoramento de trânsito, há uma infinidade de recursos cada vez mais sofisticados e procurados por governos, empresas e pessoas. Pais podem acompanhar os filhos na escola, polícia pode identificar um foragido da justiça no meio da multidão. Dados da Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança mostram que o setor faturou, só em 2018, R$ 6,52 bilhões no país. E a tendência é de alta. Quer se esconder? Talvez no banheiro, a última fronteira da privacidade.

E entram em cena os celulares, que hoje fazem tudo, inclusive telefonar. Com câmeras de boa definição, filmam, fotografam, registram o cotidiano. Flagram crimes, brigas, incêndios, acidentes. No Brasil, são 220 milhões de aparelhos, dos mais sofisticados aos mais simples, todos com câmera.

E eis o ponto: filmar na rua é permitido? Recentemente, um policial militar de Rio Preto foi filmado agredindo uma grávida. Corretamente, foi afastado pelo comando. Uma das versões foi a de que a mulher teria feito, com celular, imagens do PM forçando um menor a engolir uma porção de maconha. Em Birigui, um vereador foi filmado pelo sistema de segurança da Câmara usando seu melhor argumento, talvez o único que conheça, durante uma discussão com um advogado: uma cabeçada. São apenas exemplos, pois basta buscar nos arquivos de vídeos para encontrarmos milhares de outros espalhados pelo mundo.

Consultei advogados na ativa e um promotor de justiça da área criminal, hoje aposentado. Respostas, todas, na mesma linha: não é ilegal fazer filmagens na rua, principalmente se for de agentes públicos. "Se o ato é uma ação criminosa ou é filmado em via pública é, a princípio, de interesse público", disse um deles. O que não pode é violar a intimidade alheia ou explorar comercialmente as imagens, sem autorização.

Sorria, ou chore, você está sendo filmado, interpretando o papel de você mesmo.

Vivemos num estúdio a céu aberto.

ADIB MUANIS JR. Jornalista e consultor de conteúdo e entretenimento do SBT Interior. Escreve quinzenalmente neste espaço às quintas-feiras

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos tr�s primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.