Brasileiros não priorizam seguro residencial, mas ele tem suas vantagens Diário da Região - Imóveis

Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 29 min 20
02/03/2020 - 14h20min

SEGURANÇA

Brasileiros não priorizam seguro residencial, mas ele tem suas vantagens

Apenas 13% dos imóveis no Brasil são protegidos por seguro que pode abranger desde pequenos danos, até a cobertura total da residência

Freepik/Banco de Imagens Corretor diz que falta informação para a população e costuma aconselhar clientes a fazerem o seguro residencial
Corretor diz que falta informação para a população e costuma aconselhar clientes a fazerem o seguro residencial

Sempre ouvimos alguém comentar sobre seguro de carro ou seguro de vida, mas é difícil encontrar um amigo ou familiar que tenham um seguro para o imóvel. De acordo com a Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), embora no Brasil existam 68 milhões de domicílios, somente 9 milhões têm seguro, representando um percentual de apenas 13% das residências.

Lucas Nadruz, corretor imobiliário a 15 anos, conta que para domicílios existem dois tipos de seguro: o seguro residencial e o seguro de incêndio e que existem diferenças entre esses modelos. “O seguro residencial cobre tudo! Desde furtos na residência, a manutenção dentro da casa. O seguro de incêndio cobre pequenos reparos, incêndios e explosões. Quando você aluga uma casa em uma imobiliária, é obrigatório que seja feito o seguro de incêndio”, explica.

Lucas acredita que muitas pessoas deixam de aderir aos seguros, não importa ele qual seja, pela falta de informação. “Pode acontecer de um dia a gente perder tudo aquilo que batalhamos para conseguir, seja a própria casa ou até mesmo as coisas dentro dela; por isso é importante o corretor e os seguradores orientarem sobre os benefícios dos seguros domiciliares. Muita gente deixa de aderir porque acha que o processo é muito burocrático ou não sabe nada sobre os seguros. É papel dos corretores e seguradoras orientarem seus clientes”, diz o corretor.

De acordo com os especialistas, o seguro residencial é o mais viável, já que tem um leque muito grande de cobertura “Existem muitos benefícios que o seguro residencial possuiu que o seguro de incêndio não, além de que os benefícios são bem maiores. Com o seguro residência é possível até agendar manutenção na caixa de água da casa e ter chaveiro 24 horas, por exemplo”, detalha Lucas Nadruz.

Rio Preto tem números positivos de adesão aos seguros domiciliares de incêndio ou residencial. O empresário Mateus Buosi levou em consideração a segurança na hora de comprar uma apólice. “Fiz um seguro total, contra roubo, furto, incêndio, danos elétricos, danos as casas de vizinhos provenientes de problemas em minha casa”, detalha. “Moro em um condomínio com muitas construções e qualquer problema na minha casa o seguro cobre também, quero ficar tranquilo em relação a isso”, complementa.

Outro fator que atrai muitos clientes nesse mercado é que Rio Preto é uma das cidades do interior de São Paulo onde há maior índice de raios e muitas pessoas querem se prevenir quando acontece a queima de um aparelho eletrônico de alta valor, como geladeiras e televisores.

Tipos de cobertura

Cobertura básica

Há reembolso nos seguintes casos:

1- Incêndio: quando o fogo destrói o interior do imóvel se espalhando por toda a residência. Não há reembolso se o fogo vir de um eletrodoméstico ou ficar concentrado em um local;

2- Explosões: que ocorrem devido a problemas na fiação, gás de cozinha ou panelas de pressão;

3- Raios: Diferentemente do que se pensa, na cobertura básica só há o reembolso se os raios danificarem a estrutura do imóvel e não os eletrodomésticos ou quaisquer móveis que estão dentro do domicílio.

Coberturas Adicionais

Além das já apresentadas, é possível assegurar outros casos com as coberturas adicionais e essas variam de acordo com o que é oferecido pelas imobiliárias e seguradoras, no geral contemplam:

1- Roubos e Furtos: Todos os bens materiais que estão no imóvel, sejam eles eletrodomésticos, eletrônicos, roupas, móveis, calçados e outros que forem roubados ou furtados são cobertos pela garantia do seguro;

2- Fumaça: Também existe o seguro quando algum objeto ou até o imóvel, é danificado pela fumaça, ainda que seja de incêndio que aconteceu em outro imóvel que não é segurado;

3- Vidro: Vidros, mármores e até espelhos que estão fixados em portas, janelas, divisórias ou molduras, quando quebrados, garantem indenização;

4- Queda de aeronaves e impacto de veículos: Caso ocorra algum acidente onde a casa venha a sofrer danos derivados desses dois casos, há indenização;

5- Tumultos, lockouts e greves: Qualquer furto ou danificação ocasionado por um desses eventos garante uma indenização;

6- Acidentes pessoais: Caso ocorra algum acidente dentro da residência que ocasione invalidez ou até mesmo falecimento, existe a cobertura. Os moradores, familiares e pessoas que trabalham na casa possuem essa cobertura;

7- Danos elétricos: Cobre estragos em eletrônicos que foram causados por algum curto-circuito, além disso também é possível pedir o serviço de checagem da fiação de toda a casa;

8- Alagamentos e inundações: Há reembolso quando as chuvas causam danos como alagamentos, enchentes, deslizamentos e rompimentos de reservatórios;

9- Furacão, tornado e granizo: Se o telhado, as janelas ou qualquer outra parte da casa forem danificados, existe a garantia de indenização.

Assistência 24 horas

A assistência 24 horas contempla serviços de emergência como:

1- Serviços hidráulicos em tubulações

2- Serviços elétricos em geral

3- Desentupimento de tubulações de esgoto

4- Substituição de telhas

5- Chaveiro

6- Conserto de máquinas como, máquina de lavar, secadoras, micro-ondas, fogão, geladeiras e freezer.

(Colaborou Yasmin Lisboa)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.