Rio-pretense busca a fama na terra de Rocky BalboaÍcone de fechar Fechar

LUTA NOS EUA

Rio-pretense busca a fama na terra de Rocky Balboa

Boxeador Eduardo Oliveira, o Pim, estreia como profissional, na Filadélfia, terra de Rocky Balboa, contra o norte-americano Jerrod Miner, nesta sexta


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A cidade da Filadélfia, nos Estados Unidos, a maior da Pensilvânia com 1,5 milhão de habitantes, é conhecida por ser o 'berço' do país, onde foi assinada a Declaração de Independência e discutida a primeira Constituição. Mas é também a terra do boxe por conta do filme Rocky (1976), estrelado por Sylvester Stallone. E na noite desta sexta-feira, 14, um rio-pretense de 21 anos espera começar bem sua trajetória nesse esporte, justamente na terra de Rocky Balboa. Eduardo Diogo Guedes Oliveira, o Pim, enfrenta o local Jerrod Miner, 22 anos, em combate que começa às 21 horas, na Arena 2300.

Em outubro do ano passado, Pim deixou o Noroeste Paulista para buscar o sonho de se tornar profissional. "Vejo como um cartão de visitas, porque vão estar presentes grandes promotores nesse evento e a luta será transmitida por um canal grande daqui dos Estados Unidos, que é a Showtime. Ninguém me conhece ainda, então essa é a hora de mostrar o meu boxe e ser reconhecido cada vez mais", disse Pim.

Miner possui no cartel dez combates como profissional com uma vitória, sete derrotas e dois empates. A luta na categoria super mosca (52,1 quilos), tem previsão de quatro rounds de três minutos. "São três meses aqui, a preparação foi boa, treinei firme fazendo sparring com vários atletas campeões nacionais amadores daqui e que agora estão no profissional. Melhorei bastante, mudou minha rotina de alimentação, treinos, hora de dormir, a expectativa é a melhor possível", emendou.

Pim debuta no profissional e vencer significa abrir portas. "Estou preparado e me sentindo muito bem, com certeza vou conseguir essa vitória para nosso pais e nossa cidade de Rio Preto", finaliza Pim, que deve voltar aos ringues em abril.

O boxeador tem visto de trabalho como atleta profissional até 2022. Nos EUA, está morando e treinando em Long Island, Nova Iorque, tendo suas lutas agenciadas pela Banner Promotions, a mesma empresa que promovia as lutas do campeão Acelino Popó Freitas. Seu empresário e treinador é Patrick Zagarino.

Há dois anos, o jovem pugilista postou imagens de uma luta que realizou no Rio de Janeiro, pela equipe Coliseu de Guarulhos, e chamou a atenção do experiente Yamaguchi Falcão Florentino, 31 anos, campeão latino, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e prata no Pan de Guadalajara 2011, que o ajudou a chegar à nova equipe.