Tiago Nunes deve optar por Lucas Piton no lugar de SidcleyÍcone de fechar Fechar
    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

O técnico Tiago Nunes ainda não confirmou a escalação do Corinthians para a partida de volta com o Guaraní, do Paraguai, quarta-feira, 12, na arena em Itaquera, pela segunda fase da Libertadores. Depois da fraca atuação no jogo de ida, a tendência é que ele mexa em algumas peças para o decisivo confronto.

Contratado para ser titular, Sidcley tem demonstrado que ainda está longe da forma física ideal. Na derrota no jogo de ida por 1 a 0, os paraguaios utilizaram os espaços deixados pelo lateral para atacar o Corinthians. Piton foi titular na derrota para a Inter de Limeira pelo Paulistão no domingo e teve atuação regular.

Há ainda mais uma dúvida. Pedrinho retornou do Pré-olímpico na Colômbia e treinará com o restante do elenco nesta terça-feira. Nas declarações, Tiago Nunes adotou o discurso do "merecimento" para não garantir o retorno do meia-atacante à formação titular. Mas do jeito que o time tem se apresentado, a volta de Pedrinho é fundamental para a criatividade do setor ofensivo.

Depois de perder para o Guaraní, Tiago Nunes poupou alguns titulares no Campeonato Paulista e o time perdeu por 1 a 0 para a Inter de Limeira em casa. No desespero para buscar pelo menos o empate na partida, Luan e Fagner entraram no segundo tempo para ajudar, mas não deu certo. Assim como no duelo de ida da Libertadores, a equipe teve mais posse de bola do que o adversário, mas não criou boas oportunidades para marcar.

O Corinthians precisa vencer o Guaraní por pelo menos dois gols de diferença para garantir a vaga para a próxima fase no tempo regulamentar. Se ganhar por 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Tiago Nunes tem oito jogos à frente da equipe, com três vitórias, um empate e quatro derrotas, apenas 41% de aproveitamento.

O elenco alvinegro teve os dois treinos programados para esta segunda-feira, na parte da manhã e da tarde, cancelados por causa da chuva. Nesta terça-feira, Tiago Nunes comandará atividade fechada para os jornalistas.