Fórmula 1 cogita mudar data do GP da ChinaÍcone de fechar Fechar

Coronavírus

Fórmula 1 cogita mudar data do GP da China


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Cada vez mais preocupada com o coronavírus, a Fórmula 1 descartou cancelar o GP da China, marcado para 19 de abril, em Xangai. Caso o surto piore, a organização da categoria cogita mudar a corrida de data, adiando a prova para a parte final da temporada, quando o circuito volta para a Ásia.

"Acho que, se houver a possibilidade de não acontecer em abril, a corrida será adiada. Vamos deixar aberta a oportunidade de avaliar se a corrida poderá ser disputada mais tarde, para o fim do ano", afirmou, nesta quinta-feira, 6, Ross Brawn, diretor esportivo da Fórmula 1.

Por questões comerciais, ele descartou cancelar a etapa no país onde começou o surto que já matou 564 pessoas. "A China é um mercado crescente, entusiasta. Então, gostaríamos de ter uma corrida na China", enfatizou Brawn, que também descartou trocar o GP de data com outra etapa. "Provavelmente não faríamos isso. Vamos apenas tentar encontrar uma janela na qual poderíamos encaixar a prova, no fim do ano."

Na quarta, autoridades de Xangai aconselharam os organizadores de eventos esportivos a suspender as competições agendadas para as próximas semanas na cidade chinesa.