Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 29 min 19
12/02/2020 - 00h30min

Telecomunicações

Anatel registra alta em reclamações em 2019

Marcello Casal Jr/Agência Brasil No ano passado, 2.978.758 consumidores fizeram reclamações
No ano passado, 2.978.758 consumidores fizeram reclamações

O número de reclamações dos assinantes de serviços de telecomunicações, como telefones fixo e móvel, banda larga e TV por assinatura, apresentou, em 2019, um crescimento de 1,28%, em relação ao registrado em 2018. Os números constam de balanço divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em 2019 foram 2.978.758 reclamações de consumidores desses serviços, 37,5 mil reclamações a mais do que as registradas em 2018, que somaram 2.941.240.

Segundo a agência, no balanço total, Brasil fechou o ano de 2019 com 308,6 milhões de acessos aos diferentes serviços de telecomunicações, dos quais 32,56 milhões de acessos foram do serviço debanda larga fixa, um crescimento de 4,30% no ano. O serviço também foi o que teve a maior variação no percentual de reclamações, com um crescimento de 15,68% na comparação com o apurado em 2018. No total foram registradas 580.680, quase 80 mil queixas a mais do que em 2018.

O serviço de telefonia móvel pós-paga vem na sequência com o maior número de reclamações. Em 2019, foram 1.043.533 queixas, contra 973.770 em 2018, o que representa um crescimento de 7,16% no número de reclamações.

Nos demais serviços, o relatório mostra que o volume de reclamações acompanhou de perto o crescimento ou a queda no número de consumidores, o que, segundo a Anatel, sugere estabilização de reclamações após as quedas consecutivas desde 2015.

No serviço celular pré-pago foram registradas 377 mil queixas, contra 400 mil em 2018, uma redução de 5,75%. Na telefonia a redução foi maior, de 10,01%, com 595 mil, contra 661 mil, em 2018. Na TV por assinatura a redução no número de reclamações foi 4,37%, com 383 mil registrados em 2018 e 366 mil em 2019.

"Questões relacionadas à cobrança e ao crédito pré-pago foram os maiores motivadores de registros: cerca de 1,24 milhão em 2019, ou 42% do total das reclamações. Reclamações envolvendo a qualidade e o funcionamento dos serviços, por outro lado, sofreram redução significativa, de quase 10% em números absolutos, ou 53 mil. Em 2019, reclamações sobre qualidade e funcionamento corresponderam a 16% das queixas registradas na Anatel, contra 18% no ano anterior", disse a empresa.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos tr�s primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.