Polícias rodoviárias intensificam a fiscalização no CarnavalÍcone de fechar Fechar

RODOVIAS DA REGIÃO

Polícias rodoviárias intensificam a fiscalização no Carnaval

Polícias rodoviárias e Militar e Secretaria de Trânsito vão desenvolver ações para coibir essa mistura perigosa - uma das principais causadoras de acidentes nas estradas. Foco também será em identificar motoristas imprudentes. Nas duas principais rodovias da região - Washington Luís e BR-153 -, são esperados 360 mil veículos


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Vai pegar a estrada no feriadão para pular o Carnaval ou aproveitar para visitar os familiares? Então é importante redobrar a atenção nas rodovias para evitar que a diversão e o descanso tenham imprevistos no trajeto. E as polícias rodoviárias Estadual e Federal vão aumentar a fiscalização nas vias regionais contra os imprudentes.

Neste ano, o foco da fiscalização dos policiais, que começou à meia-noite desta sexta-feira, 21, e vai até a próxima quarta-feira, 26, será em coibir condutores que abusam da bebida alcoólica e saem pelas estradas sob os efeitos de álcool. Três rodovias da região terão fiscalização intensa por serem vias de acesso a cidades com carnavais conhecidos: rodovia Euclides da Cunha (SP-320), principal meio de acesso à Votuporanga; Washington Luís (SP-310), via de acesso a Ibirá e Potirendaba; e a rodovia Roberto Mario Perosa (SP-379), que dá acesso a Ibirá.

Segundo o comandante da Polícia Rodoviária Estadual, Maurício Noé Cavalari, o objetivo principal da operação é diminuir o número de acidentes graves provocados pela irresponsabilidade de alguns condutores. "Já estamos direcionando a fiscalização para evitar acidentes graves e com vítimas, por isso, sempre focamos em ultrapassagem em local proibido, na falta do uso do cinto de segurança, na orientação para os pedestres, no excesso de velocidade e na própria embriaguez ao volante", destacou.

Pelo menos 363 mil veículos devem passar pelas duas principais vias da região. É o que apontam as concessionárias que administram a BR-153 e a rodovia Washington Luís (SP-310). Apenas na rodovia federal, segundo a Triunfo Transbrasiliana, 113 mil veículos devem passar pelo trecho entre Icém e Ubarana (SP). Já na SP-310, entre Santa Adélia e Mirassol, são esperados 250 mil veículos. Um aumento de 10% em comparação aos dias comuns.

"Tem as pessoas que também optam por visitar os familiares, ou em vez de pular o Carnaval, passar o feriado na praia ou hotel. Nesses casos, é aquela mesma orientação de sempre, verificar os documentos, a validade da CNH, se o veículo está em ordem e passar o veículo em uma revisão. É muito comum nesses feriados vermos inúmeros carros quebrados. Por isso a importância da revisão", destacou Cavalari.

Obras na pista

Quem vai para São Paulo ou para o litoral deve redobrar a atenção. Isso porque trechos da Washington Luís estão em obras. Na região de Matão, dos quilômetros 319 ao 340, nos dias 21, 24 e 26 de fevereiro, das 7h às 18h, o trânsito fluirá por apenas uma faixa de rolamento, por conta de obras de conservação do pavimento. Já no quilômetro 344, sentido interior, próximo a Fernando Prestes, o condutor vai encontrar um desvio no canteiro central por aproximadamente 250 metros.

Em Rio Preto, também na volta do feriadão o motorista deve ficar atento. Devido às obras de conservação do pavimento, entre os quilômetros 436 e 440, no sentido interior, no dia 26, das 20h às 6h, o trânsito fluirá por apenas uma faixa de rolamento. Atenção também na BR-153, devido à obra de duplicação da via federal.

Ações de conscientização

Com o objetivo de conscientizar os condutores sobre os perigos provocados pelo álcool e a direção, a Secretaria de Trânsito de Rio Preto desenvolverá uma ação em bares da cidade durante o Carnaval.

"Nesta sexta, sábado, domingo e segunda, vamos fazer ações nos bares e shoppings. É uma ação preventiva contra a combinação álcool e direção. Justamente para pegar aquele pessoal que está se preparando para ir para a noite", explicou o coordenador do departamento de Educação para o trânsito de Rio Preto, Pedro Romeiro.

Uma peça teatral também será apresentada nos locais públicos sobre os perigos do trânsito. "No Brasil, temos a famosa lei da impunidade, onde quem bebe informalmente nunca acha que está bêbada, então estamos fazendo um trabalho para conscientizar as pessoas que se ela tomar uma latinha de cerveja, ela já começa a perder sua visão periférica, ou seja, os reflexos", destacou Romeiro.

A Polícia Militar vai iniciar às 15h desta sexta feira, 21, a Operação Carnaval Mais Seguro. Com reforço de 50 policiais - a corporação não informa o total -, o objetivo é coibir motoristas embriagados e combater furtos e assaltos durante os desfiles dos dez blocos de Carnaval que vão tomar as ruas de Rio Preto nos próximos dias.

O porta-voz do 17º Batalhão da Polícia Militar, tenente Cláudio Ziroldo, afirma que todas as folgas e férias foram canceladas para aumentar o efetivo nas ruas.

"Vamos fazer uma mega operação já na sexta-feira de combate à criminalidade, com bloqueios nas principais avenidas da cidade. Durante o dia, vamos colocar viaturas, carros e motos para acompanhar os trajetos dos blocos, para evitar arrastões de ladrões de celular e batedores de carteira", diz o oficial.

Quem estiver nos blocos e for vítima de ladrões vai ter duas opções: pedir socorro a um dos policiais que vão acompanhar os grupos ou ligar no 190. "A gente chama atenção das pessoas que vão aos blocos que é sempre importante evitar contar dinheiro no meio da aglomeração, que se afastem de brigas, não aceitem bebidas de estranhos e coloquem os celulares nos bolsos da frente", diz o tenente.

Ziroldo recomenda ainda aos foliões que evitem ir para as ruas com joias e enfeites caros, porque podem virar alvo dos criminosos.

O patrulhamento das ruas também contará com o apoio do Batalhão de Ações Especiais de Rio Preto (Baep), que vai colocar a Cavalaria nos locais de maior concentração de foliões.

Também vão ocorrer rondas nas imediações de centros de eventos em que serão realizados bailes e matinês. "Sabemos que na época de Carnaval há um natural aumento de consumo de bebidas alcoólicas, mas quem quiser beber, não dirija, porque vamos reforçar as blitze da lei seca, que vão ser realizadas de forma aleatória, a qualquer hora do dia. É a nossa forma de evitar acidentes", diz o oficial.

Outro conselho do tenente é deixar o carro estacionado em locais iluminados, colocar travas e ligar alarme e nunca deixar objetos, como celulares, carteiras e bolsas, à vista dentro do veículo.

Os distritos policiais não vão atender ao público no sábado, no domingo e na terça-feira. A Central de Flagrantes, que agora está na avenida Aniloel Nazareth, na região da Represa, funciona normalmente, 24 horas por dia.

Bancos abrem nesta sexta-feira, 21, e fecham durante todo o período do Carnaval, voltando a abrir somente na tarde de quarta-feira, 26, às 12h. Outros locais de serviços, como Detran, Fórum, Prefeitura e Procon seguem o mesmo ritmo - com algumas variações sobre o horário de abertura na quarta (veja tabela acima).

A Prefeitura da Zona Norte e o Poupatempo abrem nesta sexta e no sábado e depois só voltam a funcionar também na quarta à tarde. No período carnavalesco, a Área Azul deixa de ser cobrada na segunda e na terça (no domingo já não existe cobrança). Na sexta e no sábado, o horário é normal e, na quarta, a cobrança será iniciada às 12h.

Os shopping centers também terão alteração. Na segunda e na terça, com exceção do Praça, os centros de compras fecharão mais cedo, às 20h. As praças de alimentação seguem até um pouco mais tarde, às 21h ou às 22h, dependendo do local. Na quarta, o horário de abertura das lojas é às 12h.

O comércio do Centro não funciona apenas no domingo (como já é comum) e na terça. Na quarta, retorna ao trabalho às 9h - apenas o Praça Shopping abre um pouco mais tarde. Os grandes supermercados e lojas terão pouca alteração, com a maioria mantendo os horários normais de funcionamento, mesmo na terça e na quarta. Confira todos os horários acima.

(Colaborou Ingrid Bicker)

Caiu em 65% o número de mortes no trânsito da região em janeiro. É o que revelam dados do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga).

De acordo com o Infosiga, em janeiro do ano passado, 37 pessoas morreram na região de Rio Preto. Em contrapartida, em janeiro de 2020, foram 13 mortes no trânsito regional. É o menor número de mortos para o mês de janeiro no Noroeste paulista desde 2015.

Apenas em Rio Preto, foram duas mortes em janeiro deste ano. No mesmo período de 2019, a cidade registrou cinco acidentes com mortes. A maior parte dos acidentes na região continua sendo aos finais de semana e as principais vítimas são motociclistas.

Homens, entre 18 e 34 anos, também aparecem entre o perfil predominante das vítimas do trânsito na região. "Orientamos sempre que o condutor planeje a viagem com antecedência e sempre respeite a sinalização", aconselhou Cavalari, para evitar acidentes.

Entre as causas destacadas pelos policiais para a queda no número de mortes na região está a maior fiscalização dos agentes nas estradas contra imprudências que podem acarretar em acidentes graves.

A expectativa é que aumente em 30% o movimento na Rodoviária de Rio Preto durante o período de Carnaval. Serão aproximadamente 1,7 mil passageiros por dia entre sábado, dia 22, e quarta-feira de cinzas, dia 26.

Segundo a Empresa Municipal de Urbanismo (Emurb), entre os destinos mais procurados pelos viajantes estão Votuporanga, Fernandópolis, Jales, Santa Fé do Sul, Monte Aprazível, Ilha Solteira, Catanduva e Ribeirão Preto. Destinos para o litoral paulista, como Santos e Praia Grande, também aparecem na lista das cidades mais buscadas.

Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Campo Grande (MS) e São Paulo (SP) aparecem entre as capitais mais buscadas pelos moradores da região para passar o Carnaval.

Com exceção da empresa Cometa, que prevê até 30 ônibus extras, as demais que operam na Rodoviária informaram que só vão colocar veículos a mais conforme a demanda. Na região, os destinos mais buscados pelos turistas que vêm de fora são Votuporanga e Olímpia.

Transporte público

Para quem depende do transporte coletivo municipal, é importante se programar. Na segunda-feira, dia 24, os horários das linhas serão iguais aos de sábado, já os horários de terça-feira, dia 25, serão equivalentes aos de domingo.