Estado monitora suspeita de coronavírus em Rio PretoÍcone de fechar Fechar

MONITORAMENTO

Estado monitora suspeita de coronavírus em Rio Preto

Amostras de sangue do paciente, que chegou recentemente de uma viagem ao norte da Itália, foram enviadas ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A Secretaria de Estado da Saúde classificou na noite desta quinta-feira, 28, como suspeito para coronavírus o caso do homem que chegou a Rio Preto no último dia 23, vindo do norte da Itália, com resfriado. Segundo o diretor-executivo do Hospital de Base, Jorge Fares, o Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado havia, inicialmente, descartado a suspeita. Só depois decidiu que era necessário colher exames. O boletim da Secretaria de Estado inclui um outro caso suspeito em Nhandeara.

De acordo com o secretário de Saúde, Aldenis Borim, o paciente segue em monitoramento e está bem, isolado em casa. A Secretaria de Saúde colheu amostras de sangue e enviou para análise no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Agora, aguarda o resultado dos exames.

Na última quarta-feira, 26, Hospital de Base e Prefeitura divulgaram notas dizendo que não havia suspeitas em Rio Preto – o poder público chegou a chamar de "fake news" qualquer informação que dissesse o contrário, em um texto que estava assinado pela Secretaria de Saúde, porém não havia recebido o aval do responsável pela pasta, que imediatamente pediu que a Saúde divulgasse nova nota, informando que o caso estava sendo monitorado e que o paciente, por ter viajado para uma área de transmissão da doença, tinha epidemiologia para coronavírus.

O promotor Carlos Romani afirmou nesta quinta-feira que abriu procedimento para cobrar da Prefeitura esclarecimentos sobre as medidas adotadas para conter um possível avanço do coronavírus.

O HB foi incluído na lista de instituições escolhidas pelo Estado para integrar o Centro de Contenção do Coronavírus, que conta com outros hospitais do interior, litoral e capital.

Barretos também tem caso suspeito, diz Prefeitura

A Secretaria de Saúde de Barretos informou que está investigando um caso suspeito de coronavírus na cidade. O comunicado foi feito nesta quinta-feira, 27. Segundo a pasta, a paciente tem sintomas da doença provocada pelo vírus e teve contato direto com uma pessoa sintomática que chegou do Japão há menos de 10 dias.

Por meio de nota, a Prefeitura de Barretos disse que a paciente apresenta sinais clínicos estáveis e, portanto, está em isolamento domiciliar. Ela é monitorada pelos profissionais da Secretaria de Saúde. A pasta afirmou seguir todas as orientações do protocolo estabelecido para a doença, incluindo a coleta de amostras de sangue para análise, e aguarda o resultado dos testes.