Rafael Sardão comemora primeiro protagonista na TVÍcone de fechar Fechar

AMOR SEM IGUAL

Rafael Sardão comemora primeiro protagonista na TV

Na novela 'Amor Sem Igual', da Record TV, ator vive o agrônomo Miguel, que se apaixonada pela prostituta Angélica (Day Mesquita)


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Rafael Sardão tinha como objetivo se tornar protagonista algum dia. Em "Amor Sem Igual", novela das 20h30 da Record, o ator conseguiu alcançar essa meta, depois de 20 anos de carreira. Agora, ele dá vida ao mocinho Miguel, que se apaixonou pela prostituta Angélica (Day Mesquita), mais conhecida como Poderosa, após salvar a vida da moça. Mas, é claro, esse romance não será fácil.

Além do trio Tobias (Thiago Rodrigues), Leandro (Gabriel Gracindo) e Bernardo (Heitor Martinez) tentando matar a garota de programa, o agrônomo também tem de lidar com o ciúme de Maria Antônia (Michelle Batista). Afinal, a filha de Oxente (Ernani Moraes) é louca por ele.

"Fiquei muito feliz em ter sido escolhido. Estou contente com esse reconhecimento. A Record me abraçou desde o início, foi me dando espaço a cada degrau. Tive grandes personagens e, agora, veio um protagonista", afirma Sardão.

Na trama de Cristianne Fridman, Miguel é uma pessoa boa, que olha para o próximo sem preconceitos. Dessa forma, o personagem vê em Poderosa alguém além de uma prostituta. Conforme Angélica se livra das novas tentativas de ser assassinada pelo meio-irmão Tobias e seus capangas, ela também se angustia com a dívida que tem com o mocinho. Por isso, o agrônomo leva a amada para trabalhar com ele no mercado municipal.

Apesar de se sair bem na nova função, a vaga no Mademoiselle Olympia Night Club a faz voltar para a prostituição e deixar a casa do protagonista. No entanto, Miguel não desistirá desse amor. "Poderosa teve uma vida difícil e dezenas de motivos para estar onde está. Nossa sociedade tem o hábito de julgar essas pessoas. É uma mudança de paradigma o que o Miguel traz. Ele tem um olhar sobre o outro com empatia, que não julga. Aprendo diariamente com ele", ressalta.

Para o ator, o amor é capaz de fazer qualquer tipo de mudança na vida das pessoas. Assim como o título da novela sugere, Rafael acredita que a força desse sentimento pode transformar Angélica no decorrer da história. Afinal, apesar da pose de mulher independente, a mocinha sofre com o passado difícil e o julgamento a respeito da forma como ganha a vida.

"Sem dúvida, a mulher é massacrada em todos os ângulos. Desde a roupa que veste ao peso que tem; ao cabelo que usa ou à profissão que escolheu. O julgamento é feroz e isso precisa ser falado. Está no momento de conversarmos sobre tolerância", aponta.

Responsabilidade

Atuando na Record desde 2011, quando fez "Rebelde", Rafael vê cada personagem como um tijolo na construção do "muro" de sua carreira. Após integrar o elenco de "Os Dez Mandamentos" (2015), o ator recebeu boas oportunidades com personagens de destaque em "A Terra Prometida" (2016), "Apocalipse" (2017), "Jesus" (2018) e "Jezabel" (2019) antes de conquistar o papel de Miguel em "Amor Sem Igual". Apesar de saber da importância de estar na trama central da novela, ele não se intimida em ser a nova aposta da Record.

"É difícil falar de medo. Acho que isso é o que paralisa a gente. Mas claro que também pode evitar de fazermos besteira. Porém, procuro trabalhar mais com as expectativas positivas", diz.