Onze peças marcam o Janeiro da ComédiaÍcone de fechar Fechar

18ª EDIÇÃO

Onze peças marcam o Janeiro da Comédia

Em sua 18ª edição, festival terá apresentações no Teatro Paulo Moura e em mais sete locais de Rio Preto


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Em sua 18ª edição, o festival Janeiro Brasileiro da Comédia (JBC) contará com 11 espetáculos em sua programação, três a mais em relação ao ano passado. São produções de grupos referenciais desse gênero teatral no País, e alguns deles voltam a marcar presença no festival, que foi criado pela Secretaria de Cultura de Rio Preto para celebrar o aniversário do Teatro Municipal "Humberto Sinibaldi Neto" - devido às reformas, as apresentações serão feitas no Teatro Municipal "Paulo Moura".

Além do "Paulo Moura", os espetáculos selecionados também circularão por outros locais da cidade. São eles: CEU das Artes "Aristides dos Santos", Complexo Swift de Educação e Cultura (mezanino), Teatro Municipal "Nelson Castro", Centro Social Estoril, Terminal Urbano (jardim suspenso), ECO Santo Antônio e Praça dos Esportes e Cultura de Engenheiro Schmitt.

Entre os espetáculos selecionados está a montagem do grupo paulistano Parlapatões, Patifes e Paspalhões de "O Rei da Vela", de Oswald de Andrade, que também foi encenado pelo Teatro Oficina Uzyna Uzona em 2017, marcando as comemorações dos 50 anos de sua montagem. O espetáculo fará a abertura do festival, no dia 23 deste mês. 

Quem volta a marcar presença no JBC são os grupos LaMínima, de São Paulo, com a peça "Ordinários"; Antropofocus, de Curitiba, com "Histórias Extraordinéditas"; e Rosa dos Ventos, de Presidente Prudente, com "Fuzurufafa Bafafazuru".

A Secretaria de Cultura recebeu 62 inscrições de espetáculos de todo o Brasil e oito foram selecionados para compor a grade de programação, além de mais três convidados pela curadoria. Nas apresentações do "Paulo Moura", o ingresso será um litro de leite longa vida. Já nos outros locais, a entrada é de graça.

Formativas

A programação do JBC 2020 também conta com uma série de oficinas, que serão realizadas no mezanino e na chaminé do Complexo Swift de Educação e Cultura. São elas: "O ator autoral e seu corpo" (Os Ciclomáticos), "Improvisação para atores e não atores" (Antropofocus), "Acrobacias de solo" (Rosa dos Ventos), "Poéticas do malabarismo" (Regazzoni e Tressi), "Palhaçaria e comicidade física" (LaMínima), "Diálogos cênicos entre o clássico, o popular e o contemporâneo" (Cia. Cênica) e "Clown: como se fosse a última vez" (Seres de Luz Teatro).

As inscrições para as oficinas podem ser feitas no Complexo Swift (Núcleo de Artes) ou no portal da Prefeitura (www.riopreto.sp.gov.br/2020jbc). Também haverá debate ao final das apresentações no "Paulo Moura", com mediação do dramaturgo e diretor Alexandre Mate.

Espetáculos

  • O Rei da Vela (Parlapatões, Patifes e Paspalhões - São Paulo). Dia 23, às 20h, no Teatro Paulo Moura.
  • A Farra do Boi Bumbá (Os Ciclomáticos - Rio de Janeiro). Dia 24, às 20h, no Teatro Paulo Moura. Dia 25, às 19h30, no CEU das Artes
  • No Dia Seguinte - A Quase História da Tevê Brasileira (Antropofocus - Curitiba). Dia 25, às 20h, no Teatro Paulo Moura. 
  • Pequena Ladainha Anti-Dramática Para a Reunião de Emergência dos Catedráticos da Instituição Feitosa Bulhões a Excelência do Ensino em Mais de Cinco Décadas de Funcionamento (Cia. do Bife - São Paulo). Dia 25, às 22h, e dia 26, às 19h30, no Complexo Swift (mezanino)
  • H2OBoom (Regazzoni e Tressi Produções Culturais - São Paulo). Dia 26, às 17h, no Teatro Paulo Moura, e dia 27, às 19h30, no CEU das Artes
  • Histórias Extraordinéditas (Antropofocus - Curitiba). Dia 26, às 19h30, no Teatro Nelson Castro
  • Fuzurufafa Bafafazuru (Rosa dos Ventos - Presidente Prudente). Dia 26, às 15h, no Centro Social do Estoril, e dia 27, às 17h, no Terminal Urbano (jardim suspenso)
  • Queijo & Goiabada - Das Canções Que Você Não Autorizou Pra Mim (Cia. Cênica - Rio Preto). Dia 27, às 20h, no Teatro Paulo Moura, e dia 28, às 19h30, na Praça dos Esportes e Cultura (Engenheiro Schmitt)
  • Spaghetti (Seres de Luz Teatro - Campinas). Dia 28/01, às 20h, no Teatro Paulo Moura, e dia 29, às 19h30, no ECO Santo Antônio
  • Ordinários (LaMínima Circo e Teatro - São Paulo). Dia 28, às 19h30, no Teatro Nelson Castro, e dia 29, às 20h, no Teatro Paulo Moura
  • O Circo Bélico (Trupe da Lona Preta -São Paulo). Dia 30, às 20h, no Teatro Paulo Moura

Ações formativas

  • O Ator Autoral e Seu Corpo. Dia 25, das 10h às 12h, no Complexo Swift
  • Improvisação Para Atores e Não Atores. Dia 26, das 9h às 12h, no Complexo Swift
  • Acrobacias de Solo. Dia 27, das 9h às 12h, no Complexo Swift
  • Poéticas do Malabarismo. Dia 27, das 10h às 13h, no Complexo Swift
  • Palhaçaria e Comicidade Física. Dia 28, das 9h às 12h, no Complexo Swift
  • Diálogos Cênicos entre o Clássico, o Popular e o Contemporâneo. Dia 28, das 9h às 12h, no Complexo Swift
  • Clown - Como Se Fosse a Última Vez. Dia 29, das 9h às 12h, no Complexo Swift