De olho no preço das bebidasÍcone de fechar Fechar

ECONOMIZE

De olho no preço das bebidas

Produto está mais caro; veja pesquisa especial nesta terça e economize


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

As bebidas alcoólicas são um dos itens mais consumidos durante as festas de fim de ano, especialmente a cerveja. Quem vai ao supermercado nesta véspera de Réveillon precisa ficar atento porque os preços desses produtos subiram. De acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a cerveja teve um aumento de 0,83% no mês de novembro e de 3,31% em 12 meses.

E, como a demanda aumenta muito, é fundamental que o consumidor gaste um tempinho fazendo pesquisas já que os preços variam muito de um local para outro. A tabela especial desta terça-feira, 31, mostra, por exemplo que a cerveja long neck Eisenbahn de 355 ml pode ser encontrada pelos preços extremos de R$ 2,99 e R$ 4,89, o que representa uma diferença de R$ 1,90.

O economista Bruno Sbrogio alerta os consumidores que forem comprar na última hora para que não saiam do orçamento e acabem comprando produtos mais caros. "O consumidor deve tomar cuidado com a integridade do produto, data de vencimento e procedência. Também busque comprar produtos nacionais, que são menos impactados pela alta do dólar, e compre em menor quantidade".

O representante comercial Ricardo Gaspari vai passar a virada de ano com a família. Eles fizeram uma lista e dividiram os itens para sair mais barato para todos. "As bebidas e carne bovina subiram muito, então estou deixando de comprar algumas bebidas. Além disso, troquei a marca de cerveja por uma mais barata".

Pesquisa

Na pesquisa desta terça-feira, 31, o Diário cotou os preços de 47 produtos para a festa de virada de ano em 12 supermercados de Rio Preto. A variação total chegou a R$ 329,96.

Na tabela maior, foram cotados 119 produtos em geral em 13 supermercados, com uma variação de R$ 340,93.

Clique Clique aqui para ver a tabela de preços para ceia de Natal

Clique Clique aqui para ver a tabela de preços

 

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) lança no próximo dia 1º o aplicativo ANP no posto, que estará disponível para baixar gratuitamente nas lojas Play Store e App Store.

O aplicativo será lançado em caráter experimental. A ferramenta possibilitará aos consumidores acesso aos postos próximos de sua localização, bem como aos preços praticados e às informações de qualidade disponíveis.

Segundo informou a ANP, por meio de sua assessoria de imprensa, o aplicativo terá atualização semanal logo após o lançamento. Já a partir do dia 20 de janeiro, a atualização passará a ser diária.

Inicialmente, o aplicativo mostrará somente os dados de Goiás, referentes aos preços praticados pelos postos revendedores. A ideia da ANP é que as demais unidades da Federação possam aderir ao aplicativo gradativamente, uma vez que a ferramenta foi desenvolvida para atender a todo o País. A ANP lembrou, entretanto, que os preços dos combustíveis são livres, por lei, em todas as etapas da cadeia, que são produção, distribuição e revenda.

(Colaborou Agência Brasil)

Comece o ano sem dívidas e já se prepare para 2021

Para começar o ano com o pé direito, nada melhor do que quitar todas as dívidas, mas para isso é necessário bastante planejamento. Segundo especialistas, primeiro de tudo faça um cálculo de todas as suas contas. Em seguida, veja se com o orçamento será possível quitar os débitos. Caso não consiga e ainda tenha sobrado, opte por usar o 13° salário.

A consultora financeira Juliana Batista orienta que os consumidores busquem alternativas para conseguir uma renda extra para ajudar nos pagamentos. "Vale ser criativo e usar seu talento para, por exemplo, fazer um doce para vender".

Se com o dinheiro extra arrecadado ainda não for possível quitar todas as dívidas, separe as mais urgentes para pagar e o restante tente negociar o valor à vista, dessa forma é possível conseguir um desconto. Para as dívidas de valores muito altos, uma opção é tentar negociar um parcelamento e já pedir para o credor o documento de que está quitando a dívida. Assim, mesmo parcelando já será possível limpar o seu nome.

Para que a mesma história não se repita no próximo ano, se planeje muito bem para ele. Faça um orçamento para saber o quanto poderá gastar, anote todos os seus gastos, até mesmo os de valores pequenos, e separe uma quantia para as contas do ano que vem, até porque não vai adiantar de nada quitar as antigas e fazer novas.