Frente a frente com o Vale da MorteÍcone de fechar Fechar

EUA/Las Vegas

Frente a frente com o Vale da Morte

Lugar na Califórnia já serviu de foto de capa de disco a cenário de filme


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

No outono de 1849, um grupo de aventureiros da Costa Leste que tentava chegar à Califórnia para a corrida do ouro parou aos pés da cordilheira Panamint, no deserto, e não conseguiu cruzá-la. Dois batedores foram enviados para descobrir uma passagem e conseguir suprimentos. Eles demoraram um mês para voltar. Diz a história que, ao partir, um dos forty-niners sobreviventes disse: "Adeus, Vale da Morte." De lá para cá, o vale californiano na divisa com Nevada se tornou locação de "Guerra nas estrelas", foto de capa de álbum do U2, inspiração para filme de Michelangelo Antonioni com música de Pink Floyd e destino turístico. Somente em 2018, 1,6 milhão de pessoas estiveram nesta espetacular terra de extremos.

Comecei meu passeio por uma de suas atrações mais concorridas e inspiradoras. O Zabriskie Point empresta sua impressionante paisagem (e o nome) ao filme de Antonioni, de 1970, e à capa de "The Joshua Tree", do U2, de 1987. Curta caminhada colina acima, por uma trilha pavimentada, leva até o mirante que proporciona uma visão incrível. A erosão faz com que as rochas mudem de forma e cor conforme o ponto de vista. Há quem veja ondas; vi origamis gigantes.

Quem gosta de aventura pode explorar três diferentes trilhas que percorrem os cânions em tons de dourado. Se esta for a ideia, o bom senso recomenda encerrar o percurso (que tem entre 4km e 9km) não muito depois das 10h, principalmente nos dias mais quentes, quando a temperatura pode passar dos 50° Celsius.