Abóbora é um alimento que permite diversidade e sabor na culináriaÍcone de fechar Fechar

SIRVA-SE

Abóbora é um alimento que permite diversidade e sabor na culinária

Legume é rico em nutrientes e bastante versátil na culinária


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A variedade encontrada é grande e até causa muita dúvida na hora da compra nos supermercados: tem abóbora paulista, moranga, italiana, cabotiã e muitas outras. A quantidade de opções permite diferentes formas de uso na culinária. Apreciada por veganos e vegetarianos até para a substituição da massa, também ganha status gourmet quando usada por chefs de cozinha. E não é só nos pratos salgados que aparece como vedete. Quem nunca se deliciou com um doce de abóbora ou mesmo com um sorvete?

Nutrientes de sobra

A abobrinha italiana, por exemplo, é legume pouco calórico, pois quase 95% é composto por água. "Como tem poucas calorias e é saborosa, pode ser uma opção para substituir massas, na versão de lasanha, quando fatiada, ou mesmo quando cortada no formato de espaguete", sugere a nutricionista Gisele Pavin. Quando consumida com a casca, ela fornece betacaroteno, que é um importante antioxidante. E, além disso, também contém vitamina C e ácido fólico, um nutriente importante para as gestantes, no início da gravidez.

A abobrinha é uma fonte rica de potássio, que auxilia a controlar a hipertensão, além de manter a elasticidade das artérias. Na digestão, mantém os níveis de açúcar do sangue baixos e é aliada no tratamento da prisão de ventre, diz a nutricionista. A abobrinha auxilia na redução do colesterol e é aliada na prevenção de ataque cardíaco e derrame.

 

Ingredientes

  • 50g de mix de folhas
  • 15g de vinagrete siciliano
  • 20g de queijo buchette (de cabra)
  • 1 unidade de abóbora cabotiã caramelizada
  • 15g gramas de granola salgada

(Por Flor de Sal Bistrô)

 

  • Abóbora de pescoço: Chega a pesar cerca de 15 kg, com casca verde escura com zonas alaranjadas. É fibrosa e bastante úmida, sendo ótima para pães, doces, salgados e também em saladas quando ralada muito fininha. Ideal para fazer o tradicional doce de abóbora;
  • Moranga: Muito conhecida pelo tradicional "camarão na moranga". Possui grumos e tem cor alaranjada, é usada principalmente para refogados e sopas;
  • Abóbora italiana: A mais conhecida e fácil de encontrar, ótima para refogados, mas pode também ser grelhada e recheada;
  • Abóbora japonesa ou cabotiã: Variedade é bem seca, uma mistura da abóbora de pescoço com a moranga, é usada principalmente para pratos salgados, purês e nhoque;
  • Abóbora paulista: De formato oblongo, coloração verde escura e polpa alaranjada. Sabor adocicado quando madura. É uma abóbora seca, idêntica à menina brasileira, só que, colhida precocemente, seu peso não passa de 1,5kg e pode ser usada em refogados e doces.

 

Caldo de legumes

Ingredientes

  • 1 cenoura
  • 1 cebola
  • 4 talos de salsão
  • 1 alho-poró pequeno
  • 3 litros de água
  • 1 folha de louro

Modo de preparo

  • Lave os legumes e corte em fatias grossas. Numa panela, junte os legumes. Coloque a água e leve ao fogo alto. Quando estiver fervendo, baixe o fogo e deixe cozinhar por 40 minutos. Desligue o fogo e coe. Reserve.

Cabotiã assada

Ingredientes

  • 2 xícaras de abóbora cabotiã
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de tomilho
  • Sal a gosto

Modo de preparo

  • Em uma assadeira, acrescente a abóbora cortada em cubos pequenos (cerca de dois a três centímetros) com os demais ingredientes. Coloque em forno alto por cerca de 20 minutos. Reserve.

Risoto de cabotiã

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de cebola picadinha
  • 1 dente de alho picadinho
  • Caldo de legumes aquecido
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 2 xícaras de arroz arbóreo
  • 15 tomatinhos-cereja
  • Cabotiã assada
  • 2 xícaras de queijo coalho
  • 1 xícara de parmesão ralado
  • 4 cubinhos de manteiga gelada
  • 1 xícara de vinho branco

Modo de preparo

  • Aqueça o caldo de legumes. Em outra panela, acrescente o azeite, a cebola e mexa até dourar; adicione o alho e refogue. Ainda em fogo médio, coloque o arroz e frite por cerca de três minutos, mexendo sem parar. Adicione o vinho e mexa até quase secar. Adicione aos poucos o caldo de legumes e mexa constantemente, até que o arroz fique al dente. Adicione a abóbora, amasse alguns cubos para dar cor. Adicione o parmesão e mais caldo até que derreta. Coloque os tomatinhos e a manteiga e mexa até derreter. Em uma frigideira quente, regue com azeite e grelhe o queijo coalho para decorar.
  • Corte ao meio em sentido longitudinal. Conforme for dourando é só virar até que fique com uma cor uniforme em todos os lados. Coloque sobre o risoto.

(Por chef Du Barbosa, do Naturais Du Lug)

Ingredientes

  • 3 mini-morangas
  • 1/2 tablete de caldo de legumes
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 cebola picada
  • 300g de carne de sol dessalgada, cozida e desfiada
  • 1/2 tomate sem sementes picado
  • 2 colheres (sopa) de cheiro-verde
  • 2 dentes de alho picadinhos
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 3 colheres (sopa) de requeijão
  • 4 colheres (sopa) de creme de leite
  • 150g de mussarela ralada

Modo de preparo

Mini-moranga

  • Abra o centro da moranga com o auxílio de uma faca pequena e retire todas as sementes. Tempere cada uma delas com caldo de legumes na parte interna. Coloque individualmente em um saco próprio para micro-ondas e leve ao forno de micro-ondas por 3 minutos. Reserve.

Recheio

  • Refogue a cebola na manteiga, junte a carne de sol, o tomate, o cheiro-verde, o alho, sal e pimenta-do-reino a gosto e refogue por mais alguns minutos. Adicione o requeijão e misture. Por fim, coloque o creme de leite incorporando bem e desligue o fogo.

Montagem

  • Recheie cada uma das mini morangas com a carne de sol cremosa, cubra com mussarela e leve ao forno para gratinar (cerca de 10 minutos). Enfeite o prato com cebolinha e coloque uma folha de salsa sobre cada mini moranga. Sirva quente.

(Por Água Doce Sabores do Brasil)