SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 28 DE JULHO DE 2021
UM MORTO E NOVE FERIDOS

Jato cai ao pousar em pista de resort na BA

Luciana NardelliPublicado em 15/11/2019 às 00:30Atualizado há 08/06/2021 às 03:59

Uma aeronave caiu durante o pouso na pista de um resort em Barra Grande, distrito do município de Maraú, no sul da Bahia, na tarde desta quinta-feira, 14. De acordo informações da assessoria de comunicação da prefeitura do município e da Polícia Civil, o acidente ocorreu pouco depois das 14h e deixou uma pessoa morta e outras nove ficaram feridas, entre elas uma criança.

As autoridades locais não souberam informar, inicialmente, quantas pessoas ao todo estavam a bordo do jato executivo, e nem sobre o que provocou a queda. A pessoa que morreu, segundo a polícia, foi uma mulher, que ficou carbonizada. Os feridos foram encaminhados, inicialmente, para um posto de saúde de Barra Grande e depois transferidas para Salvador por equipes do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer). As vítimas não tiveram nomes e idades divulgadas. Todas seriam hóspedes do Kiaroa Eco-Luxury Resort.

Conforme registro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), aeronave, um bimotor Cessna C550 fabricado em 1981, de prefixo PT- LTJ, é do empresário José João Abdalla Filho, de 74 anos, e está em situação regular.

Banqueiro e político, Abdalla é atualmente o nono homem mais rico do Brasil (769 do mundo), conforme informações da revista de negócios Forbes.com. Mais conhecido como Juca Abdalla, ele é dono do Banco Clássico e tem uma fortuna estimada de US$ 3,1 bilhões (R$ 12,9 bilhões).

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por