Conselho Deliberativo expulsa Osvaldinho Marques do PalestraÍcone de fechar Fechar

EX-PRESIDENTE DO CLUBE

Conselho Deliberativo expulsa Osvaldinho Marques do Palestra


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

O Conselho Deliberativo do Palestra Esporte Clube de Rio Preto aprovou na segunda-feira, 4, a expulsão do ex-presidente da agremiação Osvaldinho Marques, com base em relatório elaborado por comissão de sindicância. Ele é acusado de cometer irregularidades na administração da instituição, como na venda de área no clube de campo.

De acordo com o presidente do conselho, Carmo Augusto Rosin, Osvaldinho, que administrou o Palestra entre 2017 e 2018, está proibido de entrar nas dependências do clube pelo prejuízo que teria causado ao patrimônio da agremiação. Osvaldinho já havia sido previamente suspenso pelo período de 60 dias após a abertura da sindicância. "A expulsão, conforme previsto no nosso estatuto, é referente a negociação de parte da área do clube de campo com pagamentos irregulares. Além disso, essa negociação não teve autorização do Conselho Deliberativo", disse Carmo.

Segundo o presidente do conselho, a sindicância não avaliou a venda da sede do clube, alvo de ação na Justiça, também ocorrida durante a gestão de Osvaldinho. O imóvel, na região central de Rio Preto, foi vendido por R$ 60 milhões à empresa Succespar Real Estate Desenvolvimento Imobiliário.

Osvaldinho afirmou que pretende recorrer à Justiça. Ele disse que não teve direito de se defender das acusações. "O que apontaram na sindicância? Durmo com a consciência tranquila. Não fiz nada de errado", disse. "Quero saber onde falhei. O Palestra ainda está 'vivo' por minha causa."