Final da Libertadores vai para LimaÍcone de fechar Fechar

FLAMENGO X RIVER

Final da Libertadores vai para Lima


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A Conmebol anunciou nesta terça, 5, que a final em jogo único da Libertadores entre River Plate e Flamengo não será mais em Santiago. Por causa dos protestos violentos ocorridos no Chile nas últimas semanas, a partida foi transferida para o Estádio Monumental de Lima, no Peru. A data está mantida: dia 23 de novembro.

A decisão de tirar o jogo de Santiago foi tomada após reunião na sede da Conmebol, no Paraguai, com representantes dos dois clubes e das federações nacionais de Brasil, Argentina e Chile. A entidade alegou que optou por mudar o local da final "considerando a segurança dos jogadores, público e das delegações".

A crise social enfrentada pelo Chile deixou 20 mortos e cancelou diversos eventos esportivos no país. Neste terça-feira, as federações chilena e da Bolívia anunciaram o cancelamento do amistoso entre as duas seleções marcado para o próximo dia 15, na cidade de Concepción.

"A primeira coisa a se fazer diante desta situação [protestos] é a segurança dos principais atores dos eventos esportivos: os torcedores e os jogadores", disse Sebastián Moreno, presidente da Associação Chilena de Futebol (ANFP, na sigla em espanhol).

Antes, já havia sido cancelado o QS 1500 Maui and Sons Pichilemu Women's Pro by Royal Guard, etapa da divisão de acesso do Circuito Mundial de Surfe, que seria disputada de 31 de outubro a 2 de novembro. O evento foi adiado para 13 a 15 de dezembro, em Punta de Lobos, em Pichilemu, no sul do Chile. E a Conmebol ainda optou por suspender a Copa América de Futsal, que seria disputada na cidade de Los Angeles, a 513 km de Santiago, de 23 a 30 de outubro.