Corinthians vence e fica próximo de vagaÍcone de fechar Fechar

NO ITAQUERÃO

Corinthians vence e fica próximo de vaga

No Maracanã, Flamengo goleia o Ceará e recebe o troféu de campeão


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Diante do pior público da arena em Itaquera na temporada, o Corinthians derrotou o Avaí por 3 a 0 na noite desta quarta-feira, 27, e ficou mais próximo de garantir vaga para a Libertadores. Com o resultado, o time alvinegro subiu para a sétima colocação no Campeonato Brasileiro, com 53 pontos, mantendo quatro pontos de vantagem para o Goiás, o nono colocado e primeiro time fora do grupo que vai ao torneio continental em 2020.

A equipe comandada pelo interino Dyego Coelho volta a campo no próximo domingo, quando visitará o Atlético-MG, no estádio Independência, pela antepenúltima rodada da competição. O Avaí, lanterna e rebaixado, receberá o Fluminense no mesmo dia, na Ressacada, em Florianópolis.

No duelo desta quarta, Coelho surpreendeu na escalação e manteve Gustagol entre os titulares, deixando Vagner Love e Boselli entre os reservas. Ele também deixou o time mais ofensivo em relação à derrota para o Botafogo na última rodada com as entradas de Clayson e Janderson.

O início, no entanto, foi complicado. O Corinthians viu o Avaí criar três chances de gol antes dos dez minutos iniciais com Caio Paulista. Ele obrigou Cássio a fazer duas defesas e na outra bateu sobre a meta. O time alvinegro aos poucos acertou a marcação e abriu o placar na primeira oportunidade. Gustagol aproveitou cruzamento de Clayson e mandou, de cabeça, para as redes.

Na etapa final, o Corinthians acertou um rápido contra-ataque e matou a partida logo aos sete minutos. Gabriel roubou a bola no meio-campo, tocou para Pedrinho, que lançou para Gustagol. O centroavante rolou para Júnior Urso na esquerda, que bateu cruzado na saída do goleiro.

Com o Avaí entregue em campo, Jadson ainda acertou a trave e desperdiçou oportunidade de marcar o terceiro. Danilo Avelar deixou o campo com dores no ombro direito e é dúvida para domingo. Boselli deu números finais aos 42 minutos, de peito.

Fora de campo, um susto: o presidente do clube, Andrés Sanchez, foi internado nesta quarta após se sentir mal. Com um quadro de pressão alta, ele permanecia em observação no hospital São Luiz, em São Paulo e seu quadro era estável.

Entrega da Taça

Em noite de festa, entrega de taça e medalhas, o Flamengo chegou a levar um susto diante do Ceará, em pleno Maracanã. Mas o time comandado pelo técnico Jorge Jesus mostrou mais uma veza sua força e mostrou porquê foi campeão da Libertadores e do Campeonato Brasileiro por antecipação. Venceu de virada e não deixou que o Vozão colocasse água no chope.

Depois de ver os visitantes saindo à frente no placar no primeiro tempo, o Rubro-Negro virou e goleou: 4 a 1, com três gols de Bruno Henrique e um de Vitinho. Ao final da partida, festa geral no Maracanã com a entrega da taça do Brasileirão 2019 ao Mengão com direito a invasão da torcida no gramado.

 

CORINTHIANS - 3

Cássio, Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar (Carlos Augusto); Gabriel e Junior Urso; Janderson (Jadson), Pedrinho e Clayson; Gustagol (Boselli). Técnico: Dyego Coelho.

AVAÍ - 0

Vladimir, Léo (Igor Goularte), Marquinhos Silva, Kunde e Igor Fernandes; Luanderson, Richard Franco e João Paulo (Wesley); Lourenço, Caio Paulista e Vinicius Araújo. Técnico: Evando Camillato.

Gols: Gustagol, aos 21 minutos do primeiro tempo; Junior Urso, aos sete, e Boselli, aos 42 minutos do segundo tempo. Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães. Renda: R$ 617.881,20. Público: 17.441 pagantes. Local: Arena Corinthians, em São Paulo, na noite desta quarta-feira, 27.