Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 21
26/11/2019 - 00h30min

VAGA NA LIBERTADORES

Timão promete crescer nas últimas rodadas

O meio-campo Ramiro afirmou que o Corinthians está assimilando a nova metodologia de trabalho do técnico interino Dyego Coelho e tem margem para crescer de rendimento nas últimas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro. Na visão do jogador, o Corinthians foi superior ao Botafogo, apesar da derrota por 1 a 0, no Engenhão. Com o resultado, o Corinthians chega a três partidas sem vitória.

"Acho que o time vem crescendo, mudando nosso estilo de jogo nessa reta final de campeonato e estamos conseguindo propor mais o jogo. Criamos mais possibilidades de gols que o Botafogo e isso é importante. Eles chegaram duas ou três vezes e fizeram o gol. Nós não conseguimos converter as chances em gols. O que faltou hoje, de fato, foi a bola na rede", disse Ramiro.

Depois de perder para o Botafogo, o Corinthians terá pela frente, na sequência: Avaí (casa), Atlético-MG (fora), Ceará (fora) e Fluminense (casa). "Saímos tristes pelo resultado, mas felizes pela atuação do time. Sabemos que temos margem para melhorar nos próximos jogos e recuperar os pontos perdidos hoje."

Sobre a troca na filosofia de trabalhando entre o ex-treinador Fábio Carille e Dyego Coelho, Ramiro disse que o time está tentando se adaptar a um estilo de jogo mais ofensivo. "É pouco tempo de trabalho e estamos assimilando o mais rápido possível. Vamos continuar jogando da mesma forma que fizemos contra o Botafogo, sendo mais agressivos e propondo o jogo, para que a gente consiga somar o maior número de pontos."

Para entrar na zona de classificação à Libertadores, o time precisará dos resultados. "Não importa como. Jogadores querem, comissão quer, diretoria quer, torcida quer. Vamos dar o máximo para conquistar essa vaga na Libertadores", disse o técnico Coelho. "Jogamos para frente. No primeiro tempo, se a gente converte em gols todas as finalizações que fizemos, ou pelo menos parte delas, as coisas seriam mais fáceis. Acabamos sendo castigados, mas as coisas estão mudando e, aos poucos, a gente precisa entender. Agora é trabalhar para pegar o Avaí", completou Coelho, referindo-se ao adversário de quarta-feira, na Arena de Itaquera.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos tr�s primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.