Promotor Romani emite parecer contrário ao registro de ataÍcone de fechar Fechar

BRIGA POLÍTICA NO RUBRO

Promotor Romani emite parecer contrário ao registro de ata


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

O promotor público Carlos Romani emitiu parecer contrário ao pedido de registro da ata do Conselho Deliberativo do América. O vice-presidente Elyseu Sicoli, tenta, via judicial, registrar em cartório o afastamento de Luiz Donizete Prieto, o Italiano, em decisão do conselho do dia 3 de setembro. O cartório de Registro Civil de Pessoa Jurídica não aceita registrar a ata por conta das brigas políticas infindáveis entre as duas partes.

"Em conclusão, as preocupações do Oficial de Registro Civil se justificam em razão da insegurança jurídica e social que o ato de registro ocasionaria, contrariando uma ordem judicial que não foi revogada e, também, porque uma medida como essa poderia trazer benefícios escusos a certo grupo em detrimento de outro, prejudicando ainda mais o América Futebol Clube", disse o promotor no parecer emitido na terça-feira, 13.

A assembleia havia afastado Italiano por 90 dias em decisão de 21 membros do conselho, que apreciaram o relatório da comissão de sindicância que apurou irregularidades na sua gestão por não prestação de contas.

"(...) Constata-se que, após as divergências escancaradas pelos grupos ali existentes, as Assembleias realizadas passaram a ser questionadas judicialmente e, até o presente momento, não restaram comprovadas as suas idoneidades", sustenta o promotor. Sem o registro em cartório, não há possibilidade de a oposição a Italiano, encabeçada por Pedro Batista, solicitar a mudança de mandatário junto à Federação.