Verdão e Timão fazem duelo no PacaembuÍcone de fechar Fechar

CAMPEONATO BRASILEIRO

Verdão e Timão fazem duelo no Pacaembu

No Palmeiras, Luiz Adriano é dúvida e, no Corinthians, Cássio é desfalque certo


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Palmeiras e Corinthians disputam neste sábado, às 19 horas, no Pacaembu, o dérbi da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o time alviverde ainda tenta se manter na caça do líder Flamengo (são oito pontos de distância restando sete jogos para o término da competição), o rival alvinegro tenta se reaproximar da briga por uma vaga dentro do G4.

Do lado palmeirense, a presença do atacante Luiz Adriano vai continuar em suspense até horas antes do clássico deste sábado. O jogador tenta se recuperar de dores na coxa direita e terá a escalação definida em um exame à tarde, a poucas horas do início do duelo.

O problema de Luiz Adriano é a sequência da machucado sofrido em 9 de outubro, na derrota do Palmeiras por 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro. O problema já deixou o jogador afastado por quatro semanas e tem como peculiaridade gerar sensibilidade no músculo por algum tempo. Por isso, na quarta-feira ele atuou contra o Vasco e novamente sentiu dores.

Luiz Adriano tem sete gols em 12 jogos pelo Palmeiras. Caso não atue, o atacante deve dar lugar a Deyverson. As outras opções para a posição são Henrique Dourado e Borja. No restante, o time titular deve ser parecido ao escalado no sábado passado, no Allianz Parque, quando o Palmeiras bateu o Ceará por 1 a 0, gol de Zé Rafael.

Do lado corintiano, o técnico interino Dyego Coelho tem ao todo 24 jogadores à disposição para o clássico. O goleiro Cássio e o lateral Fagner estão fora dessa lista.

Com dores no quadril, Cássio chegou a fazer exercícios específicos com o preparador Leandro Idalino no campo, na última quinta-feira, mas ficou fora do treino desta sexta e não estará à disposição de Coelho. Sem ele, Walter será mantido entre os titulares.

Já Fagner não apareceu no gramado durante a semana. O lateral-direito trata de lesão na coxa direita, sofrida em partida contra o Flamengo. De lá para cá, perdeu o jogo contra o Fortaleza. Já o atacante Vagner Love está de volta à lista de relacionados, após se curar de estiramento na perna direita.

Triste capítulo

O clássico paulista deste sábado entre Palmeiras e Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, repete uma combinação de triste memória para a história do futebol brasileiro. Os dois times voltam a jogar no Pacaembu, onde o último encontro entre ambos, em abril de 2016, pelo Campeonato Paulista, ficou marcado por um domingo de violência e de morte. Os incidentes levaram a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo a decretar a partir daquela data a adoção de torcida única no Estado, medida em vigor até hoje.

A notícia mais triste daquele domingo foi a morte do autônomo José Sinval Batista de Carvalho, 53 anos. Enquanto passava pela manhã na praça Padre Monteiro Aleixo Mafra, em São Miguel Paulista, zona leste, ele levou um tiro, que foi disparado durante uma briga de torcidas. Até hoje o crime nunca foi solucionado. "Ele estava na hora errada, no lugar errado", conforma-se o sobrinho dele, Wesley Santana.

O domingo de 3 de abril de 2016 teve ainda briga e depredação na estação Brás do Metrô, briga e torcedores feridos em Guarulhos, assim como uma confusão grave nos arredores do estádio do Pacaembu. Uma das vítimas desse conflito ficou internada na UTI.

 

PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael e Luiz Adriano (Deyverson). Técnico: Mano Menezes.

CORINTHIANS

Walter, Michel Macedo, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel; Pedrinho, Júnior Urso, Mateus Vital e Janderson; Boselli. Técnico (interino): Dyego Coelho.

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP). Local: Pacaembu, em São Paulo, às 19 horas deste sábado, 9, com transmissão ao vivo pelo sistema pay-per-view (pagar-para-ver) da tv por assinatura.