Diário da Região

    • São José do Rio Preto

      24/11/2019

    • máx 29 min 19
22/11/2019 - 11h20min

NOVELA

Padecer no paraíso

'Amor de Mãe', nova novela das 21h da Globo que estreia nesta segunda-feira, acompanha o drama de três mulheres que vivem as tristezas e alegrias da maternidade

TV Globo/Divulgação 'Amor de Mãe' marca a volta da atriz Regina Casé às novelas
'Amor de Mãe' marca a volta da atriz Regina Casé às novelas

Três mulheres guerreiras, que amam seus filhos, são os pilares centrais de "Amor de Mãe", nova novela das 21h da Globo, que estreia nesta segunda-feira, 25. Na trama, escrita por Manuela Dias, o público conhecerá os dramas de Lurdes (Lucy Alves/ Regina Casé), que procura o filho Domênico (Eros Lazari), vendido pelo marido há 26 anos; Thelma (Adriana Esteves), uma mãe superprotetora que descobre um aneurisma cerebral inoperável; e Vitória (Taís Araújo), uma advogada que, por ter problemas para engravidar, resolve adotar uma criança. No entanto, acaba gerando um bebê após um encontro casual com Davi (Vladimir Brichta). Em todos os casos, o ditado popular "ser mãe é padecer no paraíso" se aplica.

"Essa novela vai acabar com a gente, pois fala de um tema muito universal. Não tem uma pessoa que não se emocione ao falar da mãe. Quem não tem, sempre encontra alguém para colocar nesse lugar. Nessa história, as personagens são mulheres cheias de conflitos, porque existem várias maneiras de exercer a maternidade", analisa Taís Araújo.

Embora sejam muito diferentes, as vidas de Lurdes, Thelma e Vitória acabarão entrelaçadas. A advogada trabalha para o empresário Álvaro (Irandhir Santos), que quer expandir seu negócio com a compra do terreno da escola onde Camila (Jéssica Ellen), filha adotiva de Lurdes, é professora, e do restaurante de Thelma. Aliás, para tentar convencer a mulher a abrir mão do negócio, Vitória lhe dirá para pensar no futuro do filho Danilo (Chay Suede).

"Quando a gente entra em um personagem e acredita nele, aquilo vira o motivo da nossa vida. É claro que tem ficção ali, mas também há muita realidade. Me exponho, sim, em cena. Thelma promete momentos profundos de reflexão de vida, de humanidade, de amor ao próximo", diz Adriana Esteves.

No meio da disputa de Álvaro pela compra de imóveis para aumentar sua capacidade de fabricação de plástico, há Davi. O personagem luta contra a poluição e busca formas de punir empresas que possuem dutos clandestinos de dejetos. E tem o principal cliente de Vitória como inimigo.

"Não pretendemos ser didáticos. Porém, temos a intenção de criar uma narrativa favorável à conscientização, com foco sobre a questão do plástico. Meu objetivo é sensibilizar as pessoas", afirma Manuela Dias.

Não faltarão dramas em "Amor de Mãe". Segundo o diretor José Luiz Villamarim, a novela é um recorte da vida real. E as equipes de caracterização e figurino tiveram isso como o ponto de partida. Não haverá um grande vilão, mas gente que comete erros enormes e boas ações.

"Todo mundo é normal, são pessoas que a gente conhece. Uma hora, são do mal; outra, do bem. Ninguém é o tempo todo bom ou mau, assim como na vida", ressalta Villamarim.

Além das mães, os filhos também passarão por conflitos. O primogênito de Lurdes, Magno (Juliano Cazarré), sofre com o coma da esposa, Leila (Arieta Corrêa), após um acidente. No hospital onde ela está internada, o rapaz conhecerá Betina (Isis Valverde) e os dois se apaixonarão. Já Érica (Nanda Costa) se envolverá com Raul (Murilo Benício), que terminará o seu casamento infeliz para ficar com a moça. No entanto, isso despertará o ódio da ex-mulher dele, Lídia (Malu Galli), e também de Estela (Letícia Lima), piloto de avião com quem Raul tem um caso extraconjugal.

"Tem uma cena minha com o Murilo Benício, que faz o Raul, em que a mulher dele tinha batido na filha da Lurdes. Mesmo sendo pobre, nordestina, ela entra em um lugar chique, cheio de seguranças, para dizer que em filha dela ninguém 'trisca', não toca. E foi emocionante, porque a gente quase teve de regravar essa sequência. Eu ouvia todas as camareiras, cabeleireiras e maquiadoras falando: 'É isso aí'", adianta Regina Casé.

Outra questão delicada envolve o filho de Thelma, Danilo. Após ouvir da namorada que ele é totalmente dependente da mãe, o jovem decide enfrentar o jeito controlador dela. No entanto, seu intérprete conta que esse distanciamento não será uma ruptura radical.

"Eles têm uma relação, antes de tudo, de amor profundo. Se amam loucamente. Danilo e Thelma só possuem um ao outro, a família deles se resume aos dois. A importância que um tem para o outro é imensa. Vai além da superproteção", pontua Chay Suede.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.