Escritora Vera Mussi Hage lança hoje o livro 'O Batismo da Borboleta' Ícone de fechar Fechar

POESIA

Escritora Vera Mussi Hage lança hoje o livro 'O Batismo da Borboleta'

Escritora rio-pretense Vera Mussi Hage lança nesta quarta-feira, 27, na livraria Leitura, seu novo livro de poesias e reflexões com renda das vendas revertida integralmente para a AACD Rio Preto


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Mais uma vez, literatura e solidariedade se unem no lançamento de um novo projeto da escritora Vera Mussi Hage. Depois de lançar "Minha Alma tem Nome", em outubro de 2018, e doar toda a verba arrecadada com a venda dos exemplares para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) de Rio Preto, a rio-pretense lança nesta quarta-feira, 27, o livro "O Batismo da Borboleta" e destinará novamente, integralmente, a renda das vendas para a AACD.

A noite de autógrafos de "O Batismo da Borboleta", que é um livro de poesias e reflexões, será a partir das 19h30, na livraria Leitura, no Iguatemi. A escritora afirma que a obra é uma nova versão do existir, do pertencer. "Escrever para mim é sempre muito libertador. É um mergulho que faço comigo mesma e convido o outro a fazê-lo junto, através de reflexões, como o despertar, a fé, o amor, e a refletir sobre os reais valores da vida, como a família. É uma forma de me conhecer melhor, de dar espaço para correções e amadurecer. A vida me inspira. Cada dia é uma inspiração."

A escritora afirma que, depois de lançar o primeiro livro, "Minha Alma tem Nome", ela traz agora a 'borboleta' por um motivo especial. "Como um símbolo da transformação, para ocupar as páginas do livro através dos voos dados, por 12 estações (12 meses do ano) que ela passa, desde o despertar até o banquete divino. Em cada estação, num movimento constante de evolução". O livro, neste cenário, ganhou este título, "O Batismo da Borboleta", por causa da poesia do texto. "Depois da borboleta passar por todas as 12 estações, abraçou as suas transformações e o batismo aconteceu."

Abordando assuntos de espiritualidade, da alma e na arte de ser, o livro em 152 páginas, foi publicado pela Editora PoloBookse e agrupado em capítulos, que a escritora chama de estações. "Desde o despertar até o pão místico e o banquete divino". Duas grandes amigas de infância de Vera fazem parte da obra e ocupam um lugar de destaque. Eliana Lopes da Silva Polotto faz apresentação da autora e Vera Paráboli Milanese assina o prefácio. "Perfeitas na forma de sentir e na expressão. Senti-me agraciada."

A obra é indicada para todos os públicos. No entanto, deve agradar pessoas entre 30 e 80 anos, afirma a escritora. "Acho válido mencionar que quando lancei o primeiro livro tive alguns feedbacks muito legais, de jovens amigos dos meus filhos, vibrando e refletindo e muitas amigas dizendo que 'Minha Alma tem Nome' era o livro de cabeceira! Que não viam a hora de chegar a noite para repousar e, antes, ler uma página do livro. Muito me alegra saber que tem sido uma ferramenta de paz, de serenidade para muitas pessoas. Tive a oportunidade também de distribuir em alguns setores de hospital, com essa mesma intenção de acalmar e provocar reflexões em cada ser humano. Por isso, acredito que possa, como foi o primeiro, alcançar essa faixa etária."

O objetivo de "O Batismo da Borboleta" é apresentar os sentimentos de Vera Mussi Hage. "Compartilhar o que vai dentro de minha alma. Tocar o coração do outro. Provocar reflexões e transformação. Já que o sentido da vida é um aperfeiçoamento contínuo que ninguém pode fazer mudanças no nosso lugar. Somos os protagonistas e cabe a nós criar um espaço para que a luz se manifeste."

O livro conta com apenas uma foto de uma medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças na estação (capítulo) da Fé, que Vera percorreu e dedicou um poema especial em que relata a sua gratidão por uma graça alcançada.

A escritora afirma que, mais uma vez, vai destinar a renda das vendas dos exemplares integralmente para a AACD Rio Preto porque tem o propósito (projeto social) de compartilhar seus dons como forma de agradecimento a Deus em benefício aos mais necessitados. "Encontrei uma maneira que é escrever. Nesse ano, resolvi dar continuidade à AACD de Rio Preto, onde já iniciei no ano passado."

Natural de Rio Preto, Vera mora em Rio Preto e também em São Paulo com o marido. O lançamento local de "O Batismo da Borboleta" acontece nesta quarta-feira, 27, data em que se celebra o Dia de Nossa Senhora das Graças. A escritora já marcou mais dois lançamentos em São Paulo. O primeiro será no dia 3 de dezembro em evento restrito para voluntários do Hospital Albert Einstein, onde Vera é voluntária, e no dia 9 de dezembro para os amigos de São Paulo, em outro local. "Ambos com renda 100% voltada para as ações sociais da Comunidade de Paraisópolis, um trabalho incrível desenvolvido pelos voluntários do Einstein."

Serviço

  • Lançamento do livro "O Batismo da Borboleta". Nesta próxima quarta-feira, 27, a partir das 19h30, na livraria Leitura, no Iguatemi. A renda da venda dos livros será revertida para a AACD