Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 22
27/11/2019 - 00h30min

MOVIMENTO ABRAÇAR

Inovação no ensino infantil vai começar por 5 escolas

Além da escola Daisy Rollemberg, outras quatro unidades de ensino de Rio Preto vão receber, a partir de 2020, o Movimento Abraçar. Capacitação de professores teve início nesta terça-feira e segue nesta quarta

Guilherme Baffi 26/11/2019 Professor Carlos 
Sebastião Andriani, idealizador do projeto, durante capacitação 
dos educadores
Professor Carlos Sebastião Andriani, idealizador do projeto, durante capacitação dos educadores

A Secretaria Municipal de Educação (SME) de Rio Preto divulgou o nome das outras escolas, além da municipal Daisy Rollemberg Trefiglio, no Parque da Cidadania, que vão contar com o Movimento Abraçar a partir do início do ano letivo de 2020, em fevereiro. Nenhuma das novas unidades é municipal, todas são parceiras da Secretaria: as escolas de educação infantil Irmã Julieta, no Estoril; Maria Inês Arnal (unidades I e II), João Paulo 2º; Márcia Affini Bagddasaryan, no Cristo Rei; e Amélia Balbo Sacchetin, no Jardim das Oliveiras. O principal critério adotado na seleção foi a manifestação de interesse pelas próprias unidades.

No total, serão sete gestores, 140 professores e 1.309 alunos envolvidos. Nestas terça e quarta-feira, 26 e 27, está ocorrendo capacitação de educadores que vão repassar a metodologia ao restante dos professores. A equipe técnica da Secretaria de Educação também participa dos encontros.

Para o prefeito, Edinho Araújo, este é um importante passo para o funcionamento do Abraçar em Rio Preto, iniciativa que é apoiada editorialmente pelo Diário da Região desde os primeiros passos, em outubro do ano passado. "A formação dos coordenadores vai permitir que todos os professores envolvidos estejam capacitados em fevereiro, quando começam as aulas", garantiu. "Aumentamos o número de escolas e de alunos envolvidos para que tenhamos uma melhor avaliação da proposta do movimento. Esperamos resultados positivos nesta fase do projeto."

Os 18 educadores presentes puderam ouvir a fala do professor Carlos Sebastião Andriani, idealizador do Abraçar, metodologia de ensino infantil baseada em valores humanos. Segundo ele, os cinco valores fundamentais do ser humano são amor, paz, verdade, ação correta e não violência.

Andriani defende que todo ser humano nasce com esses valores dentro de si, mas é preciso estimulá-los - de preferência até os 7 anos, quando as conexões neuronais estão mais intensas.

De acordo com Andriani, nesta terça-feira, 26, foi passada às educadoras a base teórica do projeto, além de trabalhos universitários que dão suporte à formação de caráter. "Eu senti que a equipe está fortemente motivada. Correu bem o preparo para iniciar esse trabalho", afirma.

Nesta quarta, as professoras vão aprender na prática a realizar as oficinas, como meditação, círculo do amor, contação de histórias, a execução do Hino Nacional e como comemorar o aniversário das crianças de modo a estimular sua autoestima. As capacitadoras serão as duas gestoras da creche Monte Cristo, em Campinas, fundada por Andriani e a primeira a receber o Abraçar - que hoje opera em várias cidades, como Uchoa, na região, e em estados como Ceará e Pernambuco.

O professor lembra que o papel da família também é importante. "Os pais conhecem o projeto pedagógico e sabem que a parte deles e a parte da escola se complementam", pontua.

Sueli Costa, secretária de Educação, diz que este é o primeiro passo do projeto. "Com a implementação em cinco unidades escolares, observando de maneira criteriosa o cumprimento dos parâmetros, leis e diretrizes da educação infantil, como a Base Nacional Comum Curricular, em complementação ao trabalho desenvolvido pela Educação."

Andriani acredita na expansão do projeto, que inicialmente seria em apenas uma escola, mas acabou sendo expandido. Uma lei garantiu a parceria entre a Prefeitura e a Associação Douglas Andreani (ADA), que mantém o Abraçar. "Quando começar a ver os resultados, o prefeito vai querer todas as escolas no projeto. Isso tem acontecido em várias cidades."

 

As escolas do Abraçar

Escola Municipal Daisy Rollemberg Trefiglio

  • 18 turmas, 426 alunos, 31 professores
  • Bairro: Parque da Cidadania

Escola de Educação Infantil Irmã Julieta

  • 11 turmas, 249 alunos, 28 professores
  • Bairro: Parque Estoril

Escola de Educação Infantil Maria Inês Arnal (2 unidades)

  • 12 turmas, 301 alunos, 42 professores
  • Bairro: João Paulo 2º

Escola de Educação Infantil Márcia Affini Bagdasaryan

  • Bairro: Cristo Rei

Escola de Educação Infantil Amélia Balbo Sacchetin

  • 8 turmas, 209 alunos, 26 professores
  • Bairro: Jardim das Oliveiras

Total

  • 7 gestores
  • 140 professores
  • 1.309 alunos

Fonte: Secretaria Municipal de Educação (SME)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos tr�s primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.