Jovem rio-pretense concorre a viagem à Nasa e à ONUÍcone de fechar Fechar

Campanha

Jovem rio-pretense concorre a viagem à Nasa e à ONU

Veja como participar e ajudar a jovem a ter o vídeo mais votado


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Professores e alunos do colégio rio-pretense onde estuda a jovem Caroline Santos Müller, do 3º ano do ensino médio, estão em campanha para levá-la à Agência Espacial Norte Americana (Nasa) e à Organização das Nações Unidas (ONU). A estudante tem 17 anos e foi uma das dez selecionadas pelo programa Inteligência Jovem para concorrer ao intercâmbio de 15 dias nos Estados Unidos. Dez concorrentes fizeram um vídeo e o mais votado até a próxima terça-feira, 12, será eleito para a viagem em janeiro do ano que vem.

A partir do tema "Qual a importância do pensamento crítico nos dias de hoje", a estudante do Colégio Objetivo, com apoio da professora Kethy Squecola, produziu um vídeo de um minuto. Na gravação, Caroline afirma que "se não fosse ele [o pensamento crítico], seríamos controlados por todo tempo e não teríamos um momento sequer para refletir por conta própria".

No material selecionado, a estudante também ressalta a importância da ciência e da consciência sobre o presente e o futuro. O vídeo foi gravado na escola, com interação com objetos e participação de outros alunos. "Eu não imaginava ser selecionada. Quando recebi o e-mail eu fiquei sem reação", conta.

O desafio agora é colocar o vídeo de Caroline como o mais visto. Colegas convidam amigos, familiares e comunidade a votar. "Ela deu duro para conseguir, é merecedora, votem na Carol", pede Alexandre Stuart, 15 anos, do 1º ano. "Votem quantas vezes puder, ela merece ser compensada", completou Felipe Zanini, 15, também do 1º ano.

A votação segue até os últimos minutos de terça-feira. Para votar, basta acessar o site do programa (http://inteligenciajovem.com.br/arrumandoasmalas/index.php). Uma única pessoa pode votar quantas vezes quiser, só precisa aguardar um minuto entre um voto e outro. Para certificar que não há robôs votando, é necessário clicar em "não sou um robô".

"Não é qualquer intercâmbio, é uma viagem para a Nasa e para a ONU. Um voto vai fazer a diferença", pede a estudante. "Ela já chegou entre as dez melhores. Nossa expectativa é de que ela consiga chegar até lá. Votem pela Carol", finaliza a professora Kethy.

Equipes do Sesi Robotic Generation de Rio Preto e de José Bonifácio estão na Hungria para participar nesta sexta-feira, 8, do campeonato World Robot Olympiad (WRO). Composta por dois alunos, de 12 e 13 anos, e um técnico, as equipes participam da categoria regular, baseada em desafios.

Os alunos devem projetar, construir e programar robôs de até 25 centímetros para resolver problemas da vida real. Os pontos são dados por tarefas concluídas.

Para garantir as vagas, as equipes desenvolveram um robô e venceram duas etapas regionais - em Marília e em Presidente Epitácio.

A WRO é um torneio para jovens a partir de 10 anos voltado para ciência, tecnologia e educação. O evento reúne equipes de 60 países para desenvolver criatividade, design e habilidades de resolução de problemas por meio de competições de robótica. (FP)