Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18
01/12/2019 - 00h30min

MULTIPLICAÇÃO DE SONHOS

Anderson participou da campanha de 2007 e agora quer retribuir

Projeto do Diário que já beneficiou 1,4 mil pessoas, Cartinhas de Natal atende neste ano a 337 crianças. Quem participou lá no começo lembra com carinho de como foi ter o sonho realizado e agora retribui

Guilherme Baffi 29/11/2019 Anderson Furlan ganhou uma bicicleta 12 anos atrás e hoje retribui o carinho adotando uma cartinha da campanha do Diário
Anderson Furlan ganhou uma bicicleta 12 anos atrás e hoje retribui o carinho adotando uma cartinha da campanha do Diário

Há 12 anos, quando a campanha Cartinhas de Natal do Diário da Região ainda era feita com correspondências enviadas aos Correios, Anderson Furlan, de 7 anos, escreveu uma carta pedindo uma bicicleta para si e outra para o irmão mais novo, André, na época com 4 anos. "Querido Papai Noel, estou na primeira série e tenho boas notas. Gostaria, se possível este ano, de ganhar uma bicicleta para mim e outra para meu irmão. Desde o ano passado pedi, mas não consegui ganhar", escreveu.

O Diário "adotou" e publicou a carta do menino, que hoje lembra que na época escreveu sem muita esperança de ter seu desejo atendido. Em 2007, Anderson morava no bairro João Paulo II, em Rio Preto. Agora com 19 anos, vive no Santa Ana e resolveu retribuir o gesto de amor de 12 anos atrás, adotando um pequeno de 2 anos que pediu um carrinho, aluno da Escola Municipal Vereador Sérgio Camargo, no Solo Sagrado, participante deste ano das Cartinhas de Natal.

"Foi bom, na época meus familiares não tinham condição de me dar um presente e a outra pessoa me ajudou naquele momento que eu precisava, fiquei muito feliz. Meu irmão também ganhou", lembra o jovem, que trabalha em uma hamburgueria, já concluiu o ensino médio e tem o sonho de cursar faculdade de psicologia.

Em sua história, sem contabilizar a campanha deste ano, o Diário atendeu 1,4 mil sonhos, inclusive de adultos, como uma senhora que pediu uma geladeira em 2007. No início havia uma parceria com os Correios, depois as pessoas enviavam cartas ao jornal e desde 2011 o foco são as escolas públicas de bairros de periferia, onde a ação dos anjos faz toda a diferença. Muitos dos participantes, crianças pequenas no início da ação, hoje são adultos, como Anderson.

Em 2019, na campanha cujo slogan é "Fábrica de Sonhos", há um recorde de desejos a serem atendidos: são 337 crianças que vão ganhar kit composto por roupa, sapato e brinquedo escolhido por cada uma. A escola atende pequenos de 1 a 5 anos - maternal e berçário - nos períodos matutino, vespertino e integral. Seria impossível transformar todos eles em realidade sem a ajuda de dezenas de padrinhos e madrinhas que abraçam a ação - há quem ajude todos os anos, mas sempre há quem adote pela primeira vez.

Todos mostram a importância da solidariedade - em uma mistura linda das histórias das crianças com a trajetória de cada anjo. Como Vânia Rodrigues, que todos os anos presenteia dez crianças. Neste ano, desempregada, informou que poderia ajudar quatro. "A gente tem tanto na vida, recebe tantas coisas, e às vezes a gente se esquece de retribuir. O Natal é um momento que as pessoas se voltam para isso, a essa vontade de retribuir alguma coisa", afirma. "Mas na verdade eu me sinto mais feliz do que faço feliz as crianças que eu adoto, isso faz muito mais bem para meu coração do que para quem está recebendo. É um pequeno gesto de agradecimento por tudo aquilo que a gente tem na vida durante o ano todo."

Para cumprir o desafio de presentear as 337 crianças, neste ano o Diário da Região trouxe várias novidades à campanha. A principal delas é o site desenvolvido especialmente para a ação, onde por meio de um cadastro simples o anjo consegue realizar sua adoção, apenas informando nome, um telefone de contato e um e-mail, para onde é enviada a confirmação do processo. Dúvidas também podem ser enviadas à equipe pela página. O objetivo foi facilitar o processo e aproximar os funcionários que trabalham com as cartinhas dos padrinhos e madrinhas, que por lá podem acompanhar passo a passo do que está acontecendo - inclusive com o "presentômetro", que mostra o caminho do Papai Noel rumo à adoção de 100% das crianças. Quem não tem acesso à internet pode fazer sua contribuição por telefone.

Até o momento, 84% das crianças (284) já possuem um anjo que vai realizar seu desejo. Restam ainda 53, com os mais variados pedidos: bonecos e bonecas de personagens, carrinhos, patinetes, bicicletas e casas de boneca, por exemplo. Os presentes devem ser entregues até o dia 13 de dezembro (sexta-feira) para que a equipe possa organizá-los para a festa que acontece na escola no dia 18, com a presença do Papai Noel.

O extraordinário

Ademilson Aparecido da Silva, diretor da Escola Municipal Vereador Sérgio Camargo, diz que elas estão na expectativa pela chegada do bom velhinho. Ele participou nesta sexta-feira, 29, do programa Bem-estar ao vivo sobre as Cartinhas de Natal. "A escola está sendo decorada. Tudo que é feito é com a participação das crianças para desenvolver autonomia. Elas estão no clima e bastante esperançosas", conta. "Já sabem que vão ganhar um presente. E a parte que eu achei interessante no projeto é que é pedido para a criança dizer o que ela quer, ela pediu algo na esperança de receber."

Educador há 21 anos e há cinco na unidade, Ademilson destaca que algumas pessoas acham errado alimentar a fantasia do Papai Noel nos pequenos, mas que isso faz parte do universo infantil. "Estão na faixa etária do faz de conta. Quanto mais ela for criança, melhor para a vida toda dela, a psicologia já diz isso. Essa expectativa que foi colocada pelo projeto do Diário da Região é muito importante para que ela mantenha sempre essa esperança acesa. Natal é isso", considera.

O público da escola Vereador Sérgio Camargo, segundo o diretor Ademilson, é misto: muitos dos pais possuem trabalhos estáveis, mas muitos vivenciam uma situação socioeconômica vulnerável. "Ali é um porto seguro para as crianças, é uma escola de qualidade. Esse projeto chega para aumentar a esperança. A gente brinca que está lá não para fazer só o necessário, mas para fazer o extraordinário e a gente acredita que esse projeto do Diário chegou para fazer o extraordinário."

Como funciona

Adote uma Cartinha de Natal

  • Escolha dentre as cartinhas a criança que quer ajudar
  • A lista está disponível no site https://cartinhasdenatal.diariodaregiaodigital.com.br
  • Basta clicar em "adotar" e informar seu nome, telefone de contato e e-mail
  • Você receberá uma mensagem informando que o processo deu certo
  • Se preferir, pode fazer sua adoção pelo número (17) 2139-2179. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 9h às 19h
  • Por favor, não leve o presente até o Diário da Região sem antes confirmar sua adoção por um desses canais. Isso evita o presente duplicado
  • O padrinho presenteia com o kit formado por roupa, sapato e brinquedo.
  • Cada cartinha vem com a idade da criança, numeração de vestuário e o que ela quer ganhar
  • Por favor, coloque no embrulho do presente o nome da criança que está presenteando
  • Os presentes devem ser entregues no máximo até dia 13 de dezembro, sexta-feira
  • A entrega deve ser feita nos endereços do Diário da Região: Avenida Feliciano Sales Cunha, 1.515, no Distrito Industrial (de segunda a sábado das 7h às 19h) ou rua Coronel Spinola de Castro, 3.320, Centro (de segunda a sexta-feira das 9h às 18h e aos sábados das 9h às 12h)
  • A equipe organizará todos os presentes que as crianças levarão para casa e fará uma festa de entrega com a presença do Papai Noel no dia 18 de dezembro
  • Dúvidas podem ser solucionadas pelo campo "Contato" no site oficial ou pelo telefone (17) 2139-2179

Conte sua história

  • Na semana do Natal, o Diário divulgará vídeos sobre a entrega dos presentes. Para contar histórias sobre essa época cheia de amor, solidariedade e estreitamento das relações entre as pessoas, no portal das Cartinhas foi lançado o espaço "Conte sua História", onde qualquer pessoa pode contar o porquê de essa época do ano ser tão especial, o relato de um Natal marcante ou até responder à pergunta: o que você diria ao seu eu de 5 anos no Natal?
  • A pergunta foi formulada pensando no fato de que as crianças - alvos da campanha - são cheias de sonhos e encantamento pelo Natal, mas que acabam sendo perdidos com o passar dos anos. A ideia é resgatar um pouco do espírito desta época. Quem não quiser escrever e preferir falar pode enviar um vídeo de até um minuto para o WhatsApp do Diário, pelo número (17) 99129-7019.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos tr�s primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.