Dia 'D' contra sarampo mira jovens adultosÍcone de fechar Fechar

Vacinação

Dia 'D' contra sarampo mira jovens adultos

Região tem 214 casos da doença confirmados - 66 deles em Rio Preto


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Com mais quatro casos de sarampo confirmados - chegando aos 66 diagnósticos positivos da doença -, Rio Preto se prepara para o "Dia D" da campanha de vacinação, no sábado, 30, de olho nos jovens entre 20 e 29 anos. O público é considerado o principal alvo da imunização, uma vez que, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, é a faixa etária com mais capacidade de transmitir o vírus. Na região, 29 cidades já registram casos da doença, somando 214.

No sábado, as unidades básicas de saúde (UBS) do Vetorazzo, da Vila Toninho, do Parque Industrial, do São Deocleciano e do Jaguaré estarão abertas em Rio Preto das 8h às 17h. A Secretaria estará ainda com duas equipes itinerantes, no Riopreto Shopping e no Shopping Cidade Norte, das 11h às 17h.

Os jovens são os mais esperados nesse momento. "De 20 a 29 anos são os que representam a maior parcela de infectados", afirmou a gerente de imunização da Secretaria, Michela Barcelos. "Pessoas que têm atividades intensas e que acabam mantendo a disseminação do vírus. A vacinação é importante para a saúde deles e para o controle da doença."

A Secretaria estima que apenas 40% dessa população estão com as duas doses da vacina em dia. "Uma dose a gente acredita que todos têm. Mas o Ministério da Saúde está insistindo na segunda dose, que é importantíssima para a proteção", afirmou Michela.

O MS afirma que grupos vacinados com as duas doses recomendadas alcançam 98% de chances de não pegar a doença. Com uma dose a cobertura cai para 95%. "Até quando a gente vai permanecer na dúvida se tomou ou não as duas doses? Muitos desses jovens só dão valor na vacina quando vão para o primeiro emprego e exigem a imunização."

Para ser vacinado basta levar a carteirinha de vacinação. Caso não tenha certeza sobre as duas doses e não tenha o documento, a orientação também é procurar os postos de vacinação.

Clique na imagem para ampliar  (Foto: Reprodução)

Casos confirmados

Os quatro novos casos de sarampo em Rio Preto foram de uma menina de 1 ano, vacinada com duas doses, um menino de 2 anos, imunizado com uma dose, uma jovem de 19 anos, sem informação de vacinação, e um homem de 47 anos, vacinado com uma dose.

Para a gerente de imunização, os casos podem estar na porcentagem de falha vacinal, mas também mostram a importância da imunização. "Não temos óbitos e nem internações. Todos são casos de evolução benigna, com apenas tratamento sintomático", disse.

A doença

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa e que pode matar. A infecção pode se manifestar cerca de dez dias depois do contágio com sintomas parecidos com os da gripe e manchas na pele. A evolução do quadro pode causar pneumonia e encefalite.

A vacina é o único meio de prevenção. Pelos critérios do Ministério, a primeira dose deve ser feita aos 12 meses de idade e depois repetida aos 15 meses. A dose aplicada aos seis meses não é contabilizada pelo calendário vacinal, e é considerada extra.