Polícia prende suspeito de abusar de enteadaÍcone de fechar Fechar
    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Um trabalhador rural de 47 anos é suspeito de ter abusado sexualmente da enteada de nove anos por quatro meses, em Itajobi. A Polícia Civil da cidade determinou a prisão preventiva do padrasto, que vai responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Segundo informações da Polícia Civil, o trabalhador rural mora com a mãe da criança em um sítio, que fica a 20 quilômetros de distância da zona urbana de Itajobi. Desconfiado de que o homem teria abusado da menina, um parente denunciou o caso na quinta-feira passada na Delegacia de Polícia de Itajobi.

Quando os policiais foram até o sítio na sexta-feira, o padrasto fugiu a pé pelo mato, mas foi perseguido. Antes de ser alcançado, o homem pegou uma faca que mantinha na cintura e desferiu um golpe contra o próprio abdômen.

O homem foi socorrido e levado ao pronto-socorro municipal, passou por uma cirurgia no Hospital Padre Albino de Catanduva, e permaneceu internado até esta segunda-feira, 11, quando foi decretada a prisão preventiva. Ele está preso provisoriamente na cadeia de Novo Horizonte.

A menina vai passar por exame de corpo de delito e o laudo vai ser incluído no inquérito.