Grupo Diário da Região   | terça-feira, 08 de outubro
IMG-LOGO
Home Casa
Decoração

Conheça e saiba como usar o sofá-ilha no décor

A arquiteta Ieda Korman ensina como escolher um sofá-ilha, aborda tendência para ambientes integrados e como receber com conforto

Da Redação - 08/10/2019 10:09

O sofá-ilha, um modelo do estofado com mais de uma face, vem ganhando espaço na decoração com a integração de ambientes. Isso porque esse tipo de estofado permite setorizar a área social sem interferir na fluidez de uma planta aberta, além de dar a sensação de amplitude. “O sofá-ilha é usado geralmente para dividir dois ambientes. O mais comum é voltar um lado para a sala de TV e outro para o estar, onde pode haver poltronas ou outro sofá complementando o segundo ambiente”, explica a arquiteta Ieda Korman, do escritório Korman Arquitetos.

Mas há várias outras possibilidades de layout que podem aproveitar o sofá-ilha: a peça pode servir sala de estar e varanda integrada ou ainda complementar os assentos da sala de jantar, por exemplo. “Uma restrição para esse modelo é que dificilmente ele poderá ser usado em uma sala pequena já que, por ter dois lados, terá no mínimo 1,30 m de profundidade”, orienta a arquiteta.

Como acomoda mais pessoas de maneira confortável, esse tipo de sofá também é querido por quem gosta de receber amigos e família. É o caso da proprietária desse apartamento, projetado pela Korman Arquitetos. No living, estar e jantar ficam integrados, enquanto a cozinha e a varanda podem ser fechadas com as portas de correr. O sofá-ilha foi escolhido para atender a configuração aberta, principalmente nos dias em que a moradora recebe convidados. Com chaise, o modelo da Micasa fica voltado para a TV e para a varanda aberta. Já a face lateral serve a sala de jantar e acomoda as visitas enquanto a anfitriã cozinha.

É possível encontrar modelos de sofá-ilha prontos em lojas ou encomendar um sob medida em uma tapeçaria. Seja qual for o fornecedor, Ieda recomenda sofás modulares, que possibilitam mudar a posição de assentos e encostos. “A vantagem do sofá-ilha é que, além de ter um design mais moderno, geralmente ele é modulado e permite diversos tipos de configurações e usos em um ambiente”, comenta a arquiteta.

Dica

Por ficar posicionado no centro do ambiente, o sofá-ilha pode acabar ficando longe dos pontos de elétrica nas paredes. Então, quem faz questão de ter tomadas por perto para carregar o celular ou o notebook, precisa planejar pontos de eletricidade no piso, próximos às extremidades do sofá.

Editorias:
Casa
Compartilhe:

MAIS POPULARES