Operação policial combate rifa do PCC no EstadoÍcone de fechar Fechar

Em 13 Cidades

Operação policial combate rifa do PCC no Estado


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A Polícia Civil de São Paulo deflagrou a Operação Black Jack nesta quinta-feira, 3, contra a "Sintonia da Rifa" - esquema de venda de rifas do PCC que rendia até R$ 14,4 milhões por ano à facção. Cerca de 130 policiais civis cumpriram 11 mandados de prisão preventiva, um de prisão temporária e 26 de busca e apreensão em 13 cidades do interior paulista - entre elas Pereira Barreto.

A operação é resultado de três meses de investigação da Polícia Civil, que identificou um homem responsável pelo controle e distribuição dos números da loteria ilegal. A Polícia estima que cada edição bimestral gerava 60 mil números, cada um vendido a R$ 40. Assim, a facção criminosa poderia obter até R$ 14,4 milhões brutos ao ano.

"O Setor da Rifa é uma fundamental fonte de recursos financeiros para manutenção dos ideais da facção criminosa", diz a Polícia Civil. Entre os prêmios estavam valores em espécie, casas, apartamentos e veículos.