Viaduto fica R$ 571 mil mais caro a dois dias da entrega Ícone de fechar Fechar

Complexo da Mirassolândia

Viaduto fica R$ 571 mil mais caro a dois dias da entrega


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A Prefeitura de Rio Preto concedeu dois aditivos, com reajuste no valor do contrato de construção, do complexo de viadutos da avenida Mirassolândia, a dois dias da inauguração da obra, marcada para esta sexta-feira, 11, pelo prefeito Edinho Araújo (MDB). O viaduto terá custo final de R$ 25.774.929,98, de acordo com dados divulgados no final da tarde desta quarta-feira, 9. O valor do contrato inicialmente era de R$ 24.809.150,22.

O aditivo foi publicado no "diário oficial do município" também nesta quarta. São dois aditivos assinados pelo secretário de Obras, Sérgio Issas. De acordo com a publicação, um aditivo de 2,2% sobre o valor do contrato, representa R$ 546.502,44. O outro reajuste foi de 4,6%, equivalente a inflação do último ano calculada entre junho de 2018 e maio de 2019. O valor deste aditivo é de R$ 25.458,05, de acordo com o secretário.

Sobre o maior valor, Issas informou, por meio da assessoria de imprensa da Prefeitura, que o acréscimo foi para "serviços complementares, visando à melhoria de acessibilidade e requalificação do local", sem mais detalhes.

Outro aditivo com base na inflação foi autorizado pela Prefeitura em agosto do ano passado, no valor de R$ 393.819,27.

A obra será entregue antes do prazo previsto em contrato, de 18 meses. O complexo de viadutos foi iniciado em julho de 2018 e entrega estava prevista para janeiro de 2020. Segundo a Prefeitura, "a inauguração antecipada foi possível devido ao planejamento estratégico da Secretaria de Obras, que adotou técnicas que agilizaram o ritmo dos serviços executados pela Constroeste, empresa vencedora da licitação". O viaduto terá o nome de Complexo Viário "Yolanda Bassitt", empresária que morreu em agosto do ano passado e que também foi secretária de Desenvolvimento Econômico de Rio Preto.

A obra vai interligar a rua Capitão Faustino de Almeida com as avenidas Mirassolândia e Domingos Falavina, passando por cima da avenida Ernani Pires Domingues, com seis alças de acesso à zona norte.