Vigia acusa subprefeito de Talhado de injúriaÍcone de fechar Fechar

CONFUSÃO NA EXPO

Vigia acusa subprefeito de Talhado de injúria

Funcionária também relata uma suposta agressão. Pedro Nimer nega as acusações


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A vigia Elisandra Golfetto Benite registrou boletim de ocorrência nesta segunda-feira, 7, acusando de injúria o subprefeito de Talhado, Pedro Nimer, presidente do MDB de Rio Preto. Ela afirma ainda que Nimer a teria agredido com um soco no ombro, sem deixar marcas aparentes, conforme registrado na polícia. 

O incidente ocorreu na noite de sexta-feira, 4, no estacionamento do Recinto de Exposições, durante a Expo Rio Preto. Nimer, trabalhou no evento, teria sido impedido de entrar no local porque seu carro não tinha o adesivo que permitia a entrada.

Segundo o boletim de ocorrência, ao ser barrado, o subprefeito teria xingado a vigia. Depois, conforme registrado na polícia, teria aberto a porta do veículo bruscamente, acertando a funcionária. "Ele me agrediu verbalmente e fisicamente", disse Elisandra. Ela afirma que irá representar contra Nimer na Delegacia de Defesa da Mulher. 

Pedro Nimer nega o que foi alegado pela vigia. "A abordagem dela foi mal educada. Teve uma mudança neste dia e eu não tinha esse adesivo no carro. Não teve agressão. Não ocorreu nada disso, não. Estou muito tranquilo", disse.