Diário da Região

05/10/2019 - 00h30min

Eleições 2020

Lista de cotados a prefeito de SP vai de Boulos a Datena

Mara Sousa/Johnny Torres/Divulgação/leon Rodrigues Joice, do partido de Bolsonaro, o ex-governador França e o atual prefeito Bruno Covas estão na lista
Joice, do partido de Bolsonaro, o ex-governador França e o atual prefeito Bruno Covas estão na lista

As eleições municipais ocorrerão em outubro de 2020, mas os partidos já se movimentam em busca dos seus nomes para a disputa da Prefeitura de São Paulo. Conquistar prefeituras de capitais e grandes cidades é fundamental para que os diferentes grupos políticos construam suas bases para projetos futuros, como a disputa presidencial de 2022.

O atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), tentará ser reconduzido ao cargo e tem o apoio do governador João Doria (PSDB). O candidato do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, ainda não está definido, mas o nome da deputada federal e líder do governo no Congresso Nacional, Joice Hasselmann (PSL), desponta como um dos favoritos. Na terça-feira, 1º, evento do PSL sinalizou o nome da deputada como provável candidata.

Apesar disso, o diretório estadual do partido informa em nota que ainda não definiu nenhum candidato para 2020 e que, nos casos em que mais de um nome se apresentar como pré-candidato, haverá assembleias.

O PT ainda não tem definido quem será seu candidato à Prefeitura de São Paulo. O partido, inclusive, cogita não lançar um nome próprio e apoiar outro candidato que tenha mais força em 2020. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba desde abril de 2018, já teria dado esse aval. No entanto, nomes como o do ex-ministro José Eduardo Cardozo e o de Ana Estela Haddad, mulher do ex-prefeito Fernando Haddad, também aparecem como possibilidades.

Caso o PT decida apoiar candidato de outro partido, o nome do ex-candidato à Presidência Guilherme Boulos (PSOL) aparece como opção, dada a proximidade com Lula e seu protagonismo na mobilização de manifestações com a bandeira do "Lula Livre" e pela reivindicação do direito do petista disputar as eleições de 2018, quando sua candidatura foi impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O ex-governador Márcio França (PSB), derrotado por Doria na tentativa de se manter no cargo na eleição do ano passado, no segundo turno, ficou à frente do tucano na Capital, onde obteve 58% dos votos contra 42% de João Doria, o que fortalece seu nome para a disputa da prefeitura.

O apresentador de TV José Luiz Datena novamente é lembrado para a disputa. Outros nomes que aparecem como possíveis candidatos ao cargo são os de Andrea Matarazzo (PSD), Filipe Sabará (Novo) e do deputado federal Orlando Silva (PCdoB).

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.