Diário da Região

06/10/2019 - 18h34min

CAMPEONATO BRASILEIRO

Palmeiras empata com Atlético-MG em casa e fica 5 pontos atrás do líder

Com o empate, o time alviverde chegou aos 47 pontos, na segunda colocação

Sociedade Esportiva Palmeiras/Flickr O jogador Dudu, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Fabio Santos (E), do C Atlético Mineiro, na arena Allianz Parque.
O jogador Dudu, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Fabio Santos (E), do C Atlético Mineiro, na arena Allianz Parque.

O Palmeiras empatou com o Atlético-MG por 1 a 1, neste domingo, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro e permitiu que o Flamengo ampliasse para cinco pontos a vantagem na liderança da competição. Com o empate, o time alviverde chegou aos 47 pontos, na segunda colocação. O clube carioca, que venceu a Chapecoense em outro duelo do dia, subiu para 52. Em terceiro aparece o Santos, que derrotou o Vasco no último sábado e soma 44.

Nathan marcou o gol atleticano nos acréscimos do primeiro tempo. Dudu empatou na etapa final. Com o resultado, o Atlético-MG, que vencera apenas uma partida nas últimas nove rodadas, sobe para 31 pontos, na 11ª posição.

No confronto deste domingo, o Palmeiras não pôde contar com o técnico Mano Menezes na lateral do gramado. O treinador levou o terceiro cartão amarelo e teve de cumprir suspensão automática nas tribunas do estádio.

Na 24ª rodada, o Palmeiras faz o clássico paulista contra o Santos, quarta-feira, na Vila Belmiro. Já o Atlético-MG terá pela frente o Flamengo, quinta-feira, no Maracanã.

Foi o terceiro empate do Palmeiras como mandante neste Brasileirão. Além deste com o Atlético-MG, o time ficou na igualdade com o Vasco (1 a 1) e Bahia (2 a 2). O time também acumulou o seu segundo jogo sem vitória, após uma sequência se cinco seguidas a partir da estreia de Mano Menezes.

O Atlético-MG foi superior no primeiro tempo e mereceu a vantagem parcial. Com uma proposta claramente defensiva (esquema 5-4-1), o time mineiro optou por dar a posse de bola ao Palmeiras, se defender em seu campo e sair nos contra-ataques. E fez os dois fundamentos com eficiência.

Com um sistema defensivo congestionado (três zagueiros, dois laterais e outros dois volantes), o Palmeiras não encontrou espaços na zaga do Atlético. E as melhores chances da etapa inicial foram do time mineiro.

A primeira delas aconteceu aos 9, quando Otero cobrou falta no canto esquerdo e obrigou Weverton a praticar boa defesa. Aos 15, foi a vez de Di Santo, dentro da pequena área, errar a finalização, após cruzamento de Luan. O Palmeiras chegou a balançar as redes aos 25, mas Willian estava em posição de impedimento, rapidamente confirmado pelo VAR.

Antes do intervalo, aos 45, Otero soltou a bomba de fora da área e Weverton fez ótima defesa no ângulo direito. E, nos acréscimos, o Atlético-MG chegou ao gol. Nathan recebeu na entrada da área, passou por dois marcadores e acertou um chute cruzado, rasteiro, acertando o canto direito de Weverton.

No segundo tempo a torcida do Palmeiras perdeu a paciência com o fato de o time não conseguir criar chances de gols e também com os inúmeros erros de passes. E com esses fatores somados à forte retranca atleticana, começou a vaiar o time.

Aos 25, Deyverson, que entrou na vaga do apagado Lucas Limas, chegou a balançar as redes, mas novamente o gol foi anulado em função da posição de impedimento.

E quando a partida caminhava para a vitória atleticana, Dudu empatou o confronto. Aos 37, ele tabelou com Gustavo Scarpa, entrou na área pela esquerda e chutou rasteiro no canto. Foi o décimo gol do atacante nesta temporada.

Após o gol, a torcida do Palmeiras incendiou o Allianz Parque. O time se lançou ao ataque em busca da virada e encurralou o Atlético-MG na sua área, obrigando Cleiton a fazer boas defesas nas finalizações de Bruno Henrique e Vitor Hugo.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 x 1 ATLÉTICO-MG

PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Raphael Veiga), Bruno Henrique e Lucas Lima (Deyverson); Willian, Borja (Gustavo Scarpa) e Dudu. Técnico: Sidnei Lobo (auxiliar)

ATLÉTICO-MG - Cleiton; Guga, Maidana, Leonardo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Elias, Nathan (José Welison), Luan (Maincon) e Otero; Di Santo (Ricardo Oliveira).

Técnico: Rodrigo Santana.

GOLS - Nathan, aos 47 minutos do primeiro tempo; Dudu, aos 37 do segundo.

ÁRBITRO - Rafael Traci (SC).

CARTÕES AMARELOS - Gustavo Gómez, Luan, Cleiton, Dudu, Di Santo, Leonardo Silva e Deyverson.

PÚBLICO - 32.659 pagantes.

RENDA - R$ 2.052.902,35.

LOCAL - Allianz Parque, em São Paulo (SP).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.