Mirassol e XV de Piracicaba iniciam embate pela finalÍcone de fechar Fechar

COPA PAULISTA

Mirassol e XV de Piracicaba iniciam embate pela final

Recuperado de lesão, Cleiton Garcia deve reforçar o time de Ricardo Catalá


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

O aproveitamento histórico é favorável ao Mirassol, mas o passado ficará de lado na decisão de 180 minutos entre o Leão da Araraquarense e o XV de Piracicaba, que vale uma vaga na final da Copa Paulista. O primeiro encontro é neste domingo, 27, às 11 horas, no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, e o time da casa espera que o fator casa possa lhe dar vantagem para o encontro decisivo, no próximo sábado, 2, às 20h15.

"Somente os 180 minutos podem te colocar na final, não apenas uma parte ou metade deles. Eu acho que seria uma grande surpresa se alguém definisse essa semifinal no primeiro confronto, e por isso temos a consciência que vamos decidir em Piracicaba", disse o técnico Ricardo Catalá.

No retrospecto são quatro vitórias mirassolenses, três empates e apenas uma derrota. Justamente esse revés, 3 a 1 em 16 de novembro de 2008, no Barão de Serra Negra, tirou o Leão da final da Copa Paulista daquele ano, já que no primeiro jogo havia ocorrido um empate de 1 a 1.

Depois disso os times se encontraram no Paulistão de 2012 (3 a 0) e 2013 (2 a 2), e na Copa Paulista de 2017 mais uma vitória do Leão (2 a 0) e um empate (2 a 2). Nesta edição da Copinha, o Mirassol, na abertura da segunda fase, ganhou por 2 a 0. Em Piracicaba nova vitória, 2 a 1.

"Acho que uma das principais diferenças é o momento. Agora é um momento decisivo da competição, tem uma vaga na final em disputa, o que faz com que os jogadores criem um clima de superação, de compromisso ainda maior com a causa", disse Catalá. "Eu prevejo dois jogos muito difíceis, o time deles também se reforçou durante o campeonato com atletas experientes, então acredito que vão ser dois bons jogos para o torcedor."

Em campo, o técnico do Leão terá dois reforços importantes. O lateral-direito Cleiton Garcia, recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, deve retomar sua condição de titular no lugar de Weriton. No meio-campo, João Denoni também está à disposição e pinta como opção. Aliás, com as chegadas de reforços a dor de cabeça de Catalá aumenta. No gol, João Paulo conquistou seu espaço depois da ida de Matheus Aurélio por empréstimo ao Náutico para disputa da Série C do Brasileiro. O prata da casa do Leão, que foi titular no Paulistão deste ano, retornou, jogou na última partida em São Caetano do Sul e até pênalti pegou.

No XV de Piracicaba, o técnico Tarcísio Pugliese continua tendo o desfalque do zagueiro Douglas Marques, que por dores no pé não atuou nas duas últimas partidas. A novidade em relação ao último jogo é a volta do experiente lateral Peri, que cumpriu suspensão, no lugar de Anderson Santos.

MIRASSOL

Matheus Aurélio (João Paulo); Cleiton Garcia (Weriton), Reniê, Ícaro e Reverson; Maicon, Neto Moura e Juninho; Claudinho, Gabriel Leite e Gabriel Taliari. Técnico: Ricardo Catalá.

XV DE PIRACICABA

Luiz Fernando; Jéfferson Feijão, Gilberto Alemão, Paulão e Peri; Fraga, Wellington Simião e Cássio Gabriel; Misael, Kadu Barone e Raphael Macena. Técnico: Tarcísio Pugliese.

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto. Local: estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, neste domingo, às 11 horas, com transmissão da FPF TV e Fox Sports. Ingressos: Gratuitos mediante a troca por duas garrafas pets vazias e R$ 20 (arquibancada coberta). Há meia-entrada.