Ministra chilena garante que final será em SantiagoÍcone de fechar Fechar
    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A ministra de Esportes do Chile, Cecilia Pérez, afirmou na tarde desta quarta-feira, 30, que a final da Copa Libertadores da América entre Flamengo e River Plate, marcada para o dia 23 de novembro em Santiago, às 17h30, um sábado, será mantida para ocorrer no estádio Nacional da capital chilena. "Vamos trabalhar com o Ministério do Interior para levar adiante este evento. Eu tenho o compromisso do presidente [do Chile, Sebastian Piñera] de que o jogo será realizado", afirmou Cecilia, em entrevista coletiva.

Horas antes do anúncio, Piñera havia desistido de receber duas importantes cúpulas internacionais que ocorreriam este ano no país. Porém, a ministra de Esportes do Chile afirmou que a final da Libertadores não tem relação com as cúpulas com líderes mundiais, por se tratar de um evento esportivo "que une a todos".

A Conmebol já havia assegurado na última terça-feira que não havia planos para mudar o palco da final da Libertadores. A convulsão social do Chile já provocou 20 mortes durante os protestos contra o governo de Piñera.