Diário da Região

22/10/2019 - 00h30min

ECONOMIZE

Tabela traz preço dos combustíveis em 84 postos

Para especialista, a escolha vai depender dos hábitos de direção do motorista

Nathane Piloto 21/10/2019 Sarissa Aline da Cunha Carvalho Dias escolhe o etanol para usar na cidade
Sarissa Aline da Cunha Carvalho Dias escolhe o etanol para usar na cidade

Os consumidores que têm carro flex precisam ter cautela ao escolher o combustível. Isso porque os preços não estão nada a favor do consumidor. Qual será que vale mais a pena? A questão financeira fala sempre mais alto, mas esse não é o único critério de escolha.

Qualquer motorista se preocupa com o valor gasto por mês para abastecer seu veículo. E, por isso, saber qual combustível compensa mais pode ajudar a economizar. A conta é simples: divida o valor do litro do etanol pelo da gasolina.

A conta deve ser feita nas duas condições, considerando o valor mais barato e o mais caro. Se o resultado for menor que 0,7, compensa abastecer com o derivado de cana-de-açúcar. Nas duas situações verificadas na pesquisa do Diário desta segunda, ainda é mais vantajoso abastecer com o etanol. Considerando o maior valor do etanol, R$ 2,899, e o maior da gasolina, R$ 4,499, o resultado é 0,64. Quando o cálculo considera o menor valor do etanol, R$ 2,459, e o menor da gasolina, R$ 3,849, o resultado é 0,63.

De acordo com o técnico em mecânica automotiva Emerson Aro, são vários os fatores que interferem na escolha: se o motorista dirige mais na cidade, se pega mais a rodovia, se a meta é mais perfomance ou economia no gasto. "É importante saber a média que o carro faz com cada um dos combustíveis para poder calcular e decidir qual é o mais vantajoso. Tem carros que funcionam e têm um rendimento melhor com a gasolina e outros funcionam mais e melhor com o etanol."

Preços

Na pesquisa desta terça-feira, 22, o Diário pesquisou os preços da gasolina e do etanol em 84 postos de Rio Preto. A gasolina mais cara foi encontrada por R$ 4,499, o mesmo valor do último levantamento, realizado no dia 8 de outubro. O valor mais barato diminuiu R$ 0,02 em relação à pesquisa anterior, passando a ser R$ 3,849. No caso do etanol, o litro mais caro encontrado é vendido por R$ 2,899. O produto mais barato custava R$ 2,399; nesta terça, o consumidor encontrou nas bombas por R$ 2,459, R$ 0,06 mais caro.

A diferença entre o valor mais caro e o mais barato da gasolina pode ser sentida no bolso, cerca de R$ 0,65. A variação do etanol também é grande, de R$ 0,44. O consumidor consegue encontrar o valor mais barato da gasolina e do etanol em apenas um posto da cidade, por R$ 3,849 e R$ 2,459, respectivamente.

Os preços no mercado estão bastante equilibrados. Dos 84 postos cotados pelo Diário, 16 vendem o litro do derivado do petróleo por R$ 4,099; 15, por R$ 4,299 e 11 por R$ 4,199.

O valor mais praticado do derivado da cana-de-açúcar é de R$ 2,599 e pode ser encontrados em 20 postos da cidade.

A professora Sarissa Aline da Cunha Carvalho Dias utiliza o carro para trabalhar todo dia e procura pelo posto e pelo combustível mais em conta na hora de abastecer. "Meu carro é flex, então durante a semana quando estou na cidade abasteço com o etanol por ter um custo-benefício bom. Quando vou viajar escolho a gasolina pelo rendimento."

O comerciante Paulo Victor Passos mora em Birigui, mas ultimamente tem optado por abastecer em Rio Preto pela grande variação de preços em sua região. "Tenho clientes aqui na cidade então quando venho para cá aproveito para abastecer."

Clique aqui para ver a tabela de preços.

Como aumentar o score de crédito

O score de crédito é de extrema importância nos dias de hoje. Seja para uma pessoa física ou para uma empresa. Com um saldo positivo é possível uma liberação para um novo cartão de crédito, para aumento de limite e até mesmo para empréstimos e financiamentos.

Mas o que é o score de crédito? É o nome dado a uma pontuação registrada pelos órgãos de proteção ao crédito - SPC e Serasa são dois exemplos. Quando uma compra é realizada com os cartões vinculados ao CPF, tudo pode ser monitorado por essas instituições.

E como em todas as pontuações, é possível perder ou ganhar pontos. O economista e professor José Mauro da Silva deu cinco dicas de como deixar seu score alto. Confira:

  • Limpe seu nome - Não é um bom negócio ficar na lista com o nome sujo nos bancos de crédito, pois isso diminui a confiança dos bancos. Seu nome ficará sujo caso você não pague uma conta ou acumule muitas dívidas;
  • Atualize seu endereço - É de extrema importância manter sua localização atualizada. Assim, sempre que os financeiros precisarem entrar em contato com você, eles saberão onde estará;
  • Negocie ou renegocie dívidas atrasadas - Tente sempre acabar com as dívidas e não apenas diminui-las. Não as deixe de lado. Assim que você quitar a sua dívida, seu nome não ficará mais sujo, aumentando a chance de pontuação positiva. Mas lembre-se de tentar encaixar tudo em seu orçamento;
  • Pague tudo em dia - O economista deu uma atenção extra para essa dica. Não deixe as contas vencerem. Além de deixar seu nome sujo, você pagará juros, coisa que não agrada a ninguém. Pague tudo no dia que receber seu salário. Dinheiro na mão a gente gasta mesmo, e assim os atrasos ficam inevitáveis;

Mantenha um bom equilíbrio

  • financeiro - Com muita cautela e atenção, você se torna uma pessoa mais organizada e com o dinheiro bem gasto.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.