Zeca Baleiro encerra o FEM 2019Ícone de fechar Fechar

14ª EDIÇÃO

Zeca Baleiro encerra o FEM 2019

Festival Nacional de MPB será realizado de 16 a 18 de outubro no Paulo Moura


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

O artista multifacetado Zeca Baleiro vai comandar o show de encerramento do Festival Nacional de MPB de Rio Preto - Vinícius Nucci Cuccolicchio, o FEM, que será realizado nos dias 16, 17 e 18 de outubro, no Teatro Paulo Moura, com entrada gratuita. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 3, pelo prefeito Edinho Araújo em uma coletiva de imprensa na Prefeitura. O cantor, compositor e músico maranhense fará show com repertório que passará por sucessos de sua carreira, como "Telegrama" e "Flor da Pele", e algumas surpresas.

Autor de ensaios antológicos sobre Guimarães Rosa e Machado de Assis, o músico, compositor e ensaísta brasileiro José Miguel Wisnik também foi escalado para abrir o festival com um prelúdio. O artista comandará a palestra “A imagem do Brasil no mundo – Modos de Representação da Cultura Brasileira no Exterior”, em que irá tratar de algumas das situações produzidas pelo processo de internacionalização pelas quais passam a arte e a cultura brasileira, de meados do século XX aos dias de hoje.

O FEM surgiu em 1999 e tem como objetivo incentivar a criação musical, abrir espaço para novos talentos e promover o intercâmbio cultural, assim como oferecer ao público uma programação de distinta qualidade musical para a cidade e a região. As apresentações de 2019 serão realizadas em três fases. A primeira noite do FEM, no dia 16, será dedicada aos artistas de Rio Preto. Doze canções da cidade foram selecionadas. Entre os escolhidos do festival, prevalece a diversidade de estilos musicais. A lista de artistas traz nomes como banda Trovalírica, Seu Moço, Kely Boscheti, Regina Benedetti, Jaqueline Cardoso e Marcia Rocha.

Neste ano, o compositor, diretor e produtor musical André Fernandes, que tirou o primeiro lugar no FEM em duas edições: em 2009, com "Zé Maria", e em 2012, com "Bicho Menino", vai lançar seu novo disco no festival. Após as apresentações dos concorrentes locais, o artista vai revelar o show “Par”, em que ele celebra a parceria com Vinícius Paes. O disco estará disponível no dia 20 de outubro em várias plataformas digitais. “Faz 10 anos que viajo e me apresento em festivais. Estou muito feliz em mostrar meu novo disco neste festival, que hoje é um dos melhores do Brasil.”

Já o dia 17 será marcado pelas apresentações das 12 canções nacionais escolhidas. O palco do festival receberá nomes como Zé Alexandre, Tais Dantas, Ariel Moura, Isabela Moraes e Thiago K. e Sandro Dornelles. José Miguel Wisnik, que abre o festival com uma palestra, também vai comandar uma apresentação para encerrar a segunda noite do festival. Wisnik dividirá o palco com Ná Ozzetti, com quem fez parceria pela primeira vez 1985 e lançou o disco "Ná e Zé", em 2015, que celebrou as três décadas de união. No palco, Wisnik assume o piano, e o roteiro tem canções como “Sopro de Flor” e “Mais Simples”.

Para Jorge Vermelho, coordenador executivo do FEM, a participação de José Miguel Wisnik em, dois momentos no evento, é importante porque o artista é um grande músico e pensador. “Ele vai mostrar duas facetas dentro de festival. Acredito que o prelúdio vai dar o tom deste festival.” Além disso, o público verá o encontro de dois grandes artistas. “É um show de piano e voz incrivel, que vai coroar o festival.”

Neste ano, foram recebidas 209 inscrições nas duas categorias, sendo que a nacional recebeu 181 registros de 20 estados brasileiros e do Distrito Ferderal e a local 28. A seleção foi realizada por Chico Faria, músico e cantor; Lenir Boldrin, coordenador musical do programa Sr. Brasil de Rolando Boldrin na TV Cultura, e Márcio Kadá, músico, compositor e produtor cultural.

A final, no dia 18, contará com show de Zeca Baleiro e premiação. Serão premiados artistas do primeiro ao quinto lugar, além de melhor intérprete, melhor letra e aclamação popular. Os vencedores irão levar para a casa, ao todo, R$ 27,5 mil. Além de premiação em dinheiro, os vencedores do FEM 2019 receberão o troféu Corpo Violão, criado pela artista plástica Pi Zampieri. A comissão julgadora presencial será composta por Ayrton Salvanini, Luiz Antonio de Almeida e Marco Bosco.

O secretário de cultura Pedro Ganga, responsável pela coordenação geral do festival, afirma que o evento irá homenagear o músico Valdevino Dias, o Vadeco, que tem 86 anos. “O Vadeco veio para Rio Preto a convite de Luiz Carlos Ribeiro, que foi nosso homenageado em 2017. Por aqui, ele tocou com tanto gente, trabalhou muitos anos no Automóvel Clube. Ele é um músico maravilhoso. Ele é um cara quieto, tímido, mas com um talento enorme.”

Serviço

  • Festival Nacional de MPB de Rio Preto - Vinícius Nucci Cuccolicchio. De 16 a 18 de outubro, no
  • Teatro Municipal Paulo Moura. A entrada é gratuita.
  • Confira no portal as músicas selecionadas no FEM

Categoria Rio Preto

A justiça de Caetano

  • Música - Banda Trovalírica
  • Letra - Renan Chiaparini
  • Intérprete - Banda Trovalírica - Renan Chiaparini

Água marinha

  • Música, Letra e Intérprete - Mariana Carvalho

Busco

  • Música - Frank Ranier e Seu Moço
  • Letra - Frank Ranier
  • Intérprete - Seu Moço

Entre quatro mãos

  • Música, Letra e Intérprete - Kely Boscheti

Feijão de corda com coco

  • Música, Letra e Intérprete - Regina Benedetti

Arranjos

  • Música, Letra e Intérprete - Ebinho Cardoso

Força maior

  • Música - Jeff Santanielo e Jaqueline Cardoso
  • Letra - Jeff Santanielo
  • Intérprete - Jaqueline Cardoso

Longe de mim

  • Música, Letra e Intérprete - Julio Gomes

No seu olhar

  • Música e Letra - Ana Carolina
  • Intérprete - Elis Ribeiro

Quem é você

  • Música e Letra - Léo Caldeira
  • Intérpretes - Léo Caldeira e Sofia Cury

Te sossega

  • Música e Letra - Zeca Barreto
  • Intérpretes - Zeca Barreto e Diego Guirado

Todo mundo mente

  • Letra e Música - Rodrigo O. Ribeiro
  • Intérprete - Lito Trio (Felipe Ribeiro)

Tudo acaba um dia

  • Música, Letra e Intérprete - Marcia Rocha

Categoria: FEM Nacional

Amorável

  • Música e Intérprete - Zé Alexandre
  • Letra - Jaime Vaz Brasil (São Paulo-SP)

Cegueira

  • Música e Letra - Carlos Nêgo
  • Intérprete - Tais Dantas (Mairinque-SP)

Claríssima nudez

  • Música - Ademir Pedrosa e Cássio Pontes
  • Letra - Ademir Pedrosa
  • Intérprete - Ariel Moura (Macapá-AP)

Com o coração na mão

  • Música e Intérprete - ZeBeto Corrêa
  • Letra - Zé Edu Camargo (Belo Horizonte-MG)

Do lado de dentro

  • Música - Thiago K.
  • Letra - Kleuber Garcez
  • Intérprete - Isabela Moraes e Thiago K. (São Paulo-SP)

Homo Sapiens

  • Música, Letra e Intérprete - Dimi Zumquê (Ribeirão Preto-SP)

Imensurável

  • Música e Letra - Roberto Ázis
  • Intérprete - Ninah Jo (Três Rios-RJ)

Nanquim

  • Música - Túlio Borges
  • Letra - Jessier Quirino
  • Intérprete - Sandro Dornelles (Cachoeira do Sul – RS)

No último pé do pomar

  • Música e Letra - Kadu Mauad
  • Intérprete - Wilson Teixeira (Avaré-SP)

Seja menino ou menina

  • Música - Walter Borges
  • Letra - Manoel Gandra
  • Intérprete - Os Saúvas (Formiga-MG)

Todo possível

  • Música, Letra e Intérprete - Marcia Cherubin (Santo André-SP)

Transbordar

  • Música - Bruno Kohl
  • Letra - Vê Domingos
  • Intérprete - O Mimo (Porto Belo-SC)