Superação dos medos é tema de livroÍcone de fechar Fechar

LANÇAMENTO INFANTIL

Superação dos medos é tema de livro


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

O livro "A Menina que Tinha Medo de Sonhar", de Janaína Leani Reis, será lançado nesta sexta-feira, 4, em Rio Preto. Com ilustrações de Terezinha Bilia, a obra, com 60 páginas e editada pela Serifa, fala da experiência de uma mãe diante dos medos de sua filha. A noite de autógrafos será realizada nesta sexta-feira, 4, às 19h30, na Livraria Leitura, do Iguatemi. A distribuição é gratuita.

A obra propõe uma reflexão. Partindo de fatos reais que envolvem a relação entre a menina e um amigo especial, a obra traduz o medo de uma criança frente aos personagens que povoam a mente dos pequenos, como lobo mau, zumbis e bicho-papão.

Janaína Leani Reis afirma que o leitor encontrará algumas representações dos medos que as crianças têm e que refletem por toda a vida adulta. "No entanto, esses medos se transformam em alegria, em esperança, em uma nova forma de ver o mundo, a partir do momento em que a personagem consegue superar os medos de uma forma surpreendente, que vai ao encontro do universo infantil e lúdico."

A autora, que é pós-graduada em teorias linguísticas, literárias e ensino, afirma que escrever um livro sempre foi um sonho. "No entanto, só agora tive esta oportunidade e compreendi que foi o momento certo para ele ser lançado. Percebi que, a partir da minha história, eu poderia ajudar muitas pessoas, principalmente as crianças. Além de despertar nos pais um olhar e atenção para os medos dos seus filhos."

Este é o primeiro livro de Janaína. "A Menina que Tinha Medo de Sonhar" é inspirada na filha dela, quando ela tinha entre 4 e 5 anos de idade. "Eu reconheci nos medos da minha filha os meus próprios medos e senti a necessidade de vencê-los transformando-os em arte, por meio da literatura."

O livro passa várias mensagens que podem ser compreendidas de acordo com a história de vida do leitor, das suas experiências. "Uma das principais temáticas presentes no livro são os medos que cada um de nós trazemos em nosso íntimo, mas que podem ser superados."

"A Menina que Tinha Medo de Sonhar" foi viabilizado por meio de fomento do ProAC. O processo de criação durou cerca de quatro anos. "A obra é indicada em especial para as crianças. No entanto, também pode ser indicada para adolescentes, jovens e adultos que têm algum tipo de medo, seja ele qual for. E claro, para todos que precisam sonhar".

Janaína conta que conheceu Terezinha Bilia por meio do seu trabalho artístico. "Um dia, decidi procurá-la e perguntar se ela tinha interesse em ilustrar um livro. Ao ler a história, ela se apaixonou e dedicou-se com tanto amor e inspiração, que resultou neste trabalho."