Will Smith é assassino que vira caça em thriller de açãoÍcone de fechar Fechar

'Projeto Gemini'

Will Smith é assassino que vira caça em thriller de ação

Will Smith é um assassino que vira caça no thriller de ação com ficção científica de Ang Lee, que estreia nesta quinta em Rio Preto. 'Friends' e 'Aparecida, um Musical' também são novidades nas telonas


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Com mais de 30 anos de carreira, iniciada na música como rapper na Filadélfia, onde nasceu, Will Smith provou ser um dos ícones da cultura pop. Aos 51 anos, o artista conhece como poucos os atalhos do entretenimento. Com quatro prêmios Grammy e 11 álbuns, o ator também é considerado um dos atores mais rentáveis de Hollywood, com diversos sucessos no currículo, como a série "Um Maluco no Pedaço" e filmes como "Os Bad Boys", "Independence Day", "MIB: Homens de Preto" e "À Procura da Felicidade".

Um artista de várias faces, Will Smith já protagonizou filmes de ação, drama, comédia romântica, ficção científica e animação. "Aladdin", por exemplo, que estreou em maio deste ano, é o maior sucesso de bilheteria da carreira do ator, com US$ 1,048 bilhão arrecadados, desde o sucesso "Independence Day", de 1996, que somou US$ 817,4 milhões. Agora, o ator americano volta aos cinemas nesta quinta-feira, 10, estrelando "Projeto Gemini", ficção científica de ação que o traz em um papel duplo. Na trama, dirigida por Ang Lee, a versão atual do personagem enfrenta uma cópia digital quase 30 anos mais jovem.

Will Smith, que foi indicado duas vezes ao Oscar, por sua atuação em "Ali" e "À Procura da Felicidade", interpreta Henry Brogan, um assassino de elite no thriller de ação. Na história, ele é perseguido por um misterioso agente que aparentemente pode prever cada movimento seu. Em cenas de muita ação e explosões, o agente secreto percebe que é caçado por seu clone mais jovem e mais forte, que atende pelo nome de Junior e tem a tarefa de exterminá-lo.

Considerado o melhor assassino profissional do mundo, com uma taxa de sucesso maior do que de qualquer outro, ele acaba se tornando um alvo da Agência de Inteligência de Defesa dos Estados Unidos, para quem trabalhava anteriormente. Enquanto luta para se manter vivo, ele descobre que as ações do governo americano são para esconder um grande segredo, que só Brogan, com toda sua experiência, é capaz de desmascarar.

Para criar a cópia inteiramente digital da versão mais jovem de Smith, a equipe do diretor Ang Lee e dos produtores Jerry Bruckheimer, David Ellison, Dana Goldberg e Don Granger utilizaram técnicas de gravação super avançadas. O filme foi gravado em 120 frames por segundo (FPS), resolução 4K e com câmeras 3D, mas também foi adaptado e será exibido em 60 FPS no Brasil. Um vídeo divulgado pela Paramount Pictures mostrou os bastidores do longa e revelou como a equipe de efeitos visuais conseguiu rejuvenescer o ator em 30 anos.

O elenco é formado ainda por Mary Elizabeth Winstead, Clive Owen, Benedict Wong, Linda Emond e Douglas Hodge. Os fãs de Will Smith e de drama devem garantir o ingresso da sessão. A fantasia científica de Ang Lee, que já faturou os Oscars de direção por "O Segredo de Brokeback Mountain" e "As Aventuras de Pi", promete cenas dramáticas e espetaculares de ação.

Celebração

A série "Friends", um dos seriados mais populares dos últimos tempos, está fazendo 25 anos em 2019. Para celebrar, os personagens Rachel, Monica, Phoebe, Joey, Chandler e Ross estão de volta, mas desta vez nas telonas do cinema. Salas da rede Cinépolis irão exibir os episódios da série de comédia fundada por David Crane e Marta Kauffman em 1994. Em Rio Preto, os episódios serão exibidos no Cinépolis do Iguatemi.

A rede vai exibir, entre segunda, 14, e quarta-feira, 16, alguns episódios da série que contam a história do grupo de seis amigos de Nova York. As sessões ocorrerão às 19h30 e terão duração de uma hora e meia. A ideia é separar a série por blocos que contenham quatro episódios diários, sendo cada um de uma temporada diferente. Além disso, a exibição contará com entrevistas com o elenco e erros de gravação. O preço para assistir aos episódios no cinema é o mesmo de uma sessão normal.

Espiritualidade

O espetáculo teatral de Walcyr Carrasco e com direção de Fernanda Chamma, "Aparecida, um Musical", será exibido neste sábado, 12, Dia da Padroeira do Brasil, em Rio Preto. A sessão especial está agendada para as 19h30, no Cinépolis, do Plaza Avenida, e em mais de 80 cidades do Brasil. A ação cultural é uma parceria entre a TV Aparecida, Santuário Nacional, o Cine Experience, MPCult e o Grupo Prisma.

O musical conta a história do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida. O espetáculo tem como fio condutor a história de Caio e Clara, um jovem casal sem crença ou religião que mora em São Paulo. Eles embarcam em uma jornada de descobrimento espiritual na esperança da cura de um câncer no cérebro de Caio. A doença pode, no mínimo, cegá-lo de maneira irreversível e interromper sua promissora e ambiciosa carreira de advogado. O espetáculo promove uma imersão em uma fé capaz de operar transformações humanas.