Espetáculo apresenta tradição amapaenseÍcone de fechar Fechar

MARABAIXO

Espetáculo apresenta tradição amapaense

Grupo Tradicional de Santa Luzia do Maruanum se apresenta no Sesc nesta sexta-feira, 1º


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Você conhece o marabaixo? Se não, vá até o Sesc nesta sexta-feira, 1º de novembro, para descobrir tudo sobre a manifestação folclórica afro-amapaense, que consiste em homenagear o Divino Espírito Santo e a Santíssima Trindade em duas partes: a sagrada (missas, novenas, ladainhas) e a profana (dança do Marabaixo, bailes). A apresentação está agendada para as 19h, na comedoria e área externa do Sesc. A entrada é gratuita.

Reconhecido como patrimônio cultural imaterial do Brasil pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o marabaixo é uma expressão que reúne referências culturais vivenciadas e atualizadas pelos amapaenses, fundamental para a construção e afirmação da identidade cultural negra brasileira.

Em Rio Preto, o Grupo Tradicional de Marabaixo de Santa Luzia do Maruanum vai conduzir o espetáculo de dança "Marabaixo". A apresentação é dançada por mulheres com saias floridas e por homens que usam camisas estampadas, sempre em formação de círculo.

O Grupo Tradicional de Marabaixo de Santa Luzia do Maruanum é formado por mulheres, homens e crianças, e traz o resgate, a tradição e a cultura, percorrendo diversas comunidades durante o ano todo. O grupo também costuma participar de eventos culturais, religiosos, públicos e encontros de tambores. A apresentação em Rio Preto integra o projeto "Percursos da Tradição", do Sesc, que promove encontros, trocas e aprendizados com a cultura popular. Pela iniciativa, o Grupo Tradicional de Marabaixo de Santa Luzia do Maruanum vai percorrer, até novembro, nove unidades do Sesc.

Marabaixo

Conhecida como a maior manifestação cultural do estado do Amapá, a Dança do Marabaixo tem a sua origem em Mazagão, no Marrocos, e foi trazida ao Brasil por negros escravizados. Desde então, o conhecimento é transmitido de geração em geração.

A dança, lúdico religiosa, realizada em homenagem a inúmeros santos padroeiros e à Santíssima Trindade, está relacionada ao catolicismo popular afro-amazônico. Com tambores confeccionados em madeira e, algumas vezes, em pele de cobra, os participantes dançam ao redor dos tocadores, por meio de uma roda, com música e canto. Os acontecimentos, feitos e momentos alegres ou de lamentos de seus ancestrais são sempre lembrados.

Serviço

  • "Espetáculo Marabaixo", com o grupo tradicional de marabaixo de Santa Luzia do Maruanum. Neste quinta-feira, 31, às 19h, no Sesc. A entrada é gratuita. Informações: (17) 3216-9300