SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 07 DE AGOSTO DE 2022
BRUNA REIS FIGUEIREDO

Miss que riu no Instagram de entregador de comida perde título

Bruna Reis Figueiredo publicou stories em que aparece rindo enquanto faz comentários sobre entregador de comida: 'você vê porque sua comida chega atrasada'

Harlen Felix
Publicado em 26/10/2019 às 16:04Atualizado em 08/06/2021 às 05:20
Bruna Reis Figueiredo perdeu o título de Miss após zombar de entregador de comida (Reprodução)

Bruna Reis Figueiredo perdeu o título de Miss após zombar de entregador de comida (Reprodução)

A organização do concurso Miss Mato Grosso anunciou neste sábado, 26, que Bruna Reis Figueiredo perdeu o título de miss Campo Novo do Parecis.

"A organização repudia qualquer atitude discriminatória ou que deprecie outro ser humano. Tal conduta não é condizente com a função assumida ao conquistar a coroa que ela representa", informa o comunicado.

A jovem de 21 anos vem recebendo críticas após ter publicado um vídeo nos stories de seu Instagram em que aparece dentro de um carro rindo enquanto faz comentários sobre um entregador de comida que está de bicicleta.

"Não acredito, hein?! Tá ruim pra mim, tá ruim pra você, tá ruim até pro entregador. A, gente, não é desmerecendo o trabalho do menino, mas é aí que você vê porque sua comida chega atrasada. A pessoa, além de estar de bicicleta, está em marcha lenta, cara, não tá conseguindo subir a ladeira", diz Bruna enquanto ri.

Antes de apagar sua conta na rede social, a miss chegou a publicar um pedido de desculpas. "Aquela brincadeira que em um minuto de desliza sic fazemos (sim, todos fazemos) e que infelizmente tem um peso atormentador", escreveu.

A reportagem entrou em contato com Bruna Figueiredo, mas até o momento não obteve retorno. "Ela não me atende. Ela não me deu satisfação nenhuma", disse ao E+ Warner Willon, coordenador estadual do Miss Mato Grosso, contando que também não conseguiu conversar com a jovem após a polêmica.

"Só tenho a dizer que é lamentável para todas as partes, para mim, para a organização para a pessoa que foi vítima. Bruna foi infantil, mas ela é uma garota", afirmou Willon. Ele também relatou trabalhar em concursos de miss há 32 anos e nunca viveu uma experiência semelhante.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por