Acidentes na região matam três e deixam um feridoÍcone de fechar Fechar

VIOLÊNCIA

Acidentes na região matam três e deixam um ferido

As mortes foram registradas em Itajobi e Catanduva


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Três pessoas morreram e uma terceira ficou ferida em acidentes de trânsito registrados nas rodovias que cortam a região. As mortes foram registradas em Itajobi e em Catanduva. Já a terceira batida aconteceu no início da tarde deste sábado, na rodovia Washington Luís (SP-310), no trecho urbano de Rio Preto, entre as avenidas Alberto Andaló e Murchid Homsi.

O acidente foi entre dois caminhões carregados com laranja e cerveja. Os veículos seguiam no sentido Rio Preto - São Paulo, quando o de trás bateu na traseira. Com o impacto, o motorista do segundo caminhão ficou com o pé preso nas ferragens. "Nós só criamos o mínimo espaço para tirar o pé. À princípio não teve fratura", afirmou o tenente do Corpo de Bombeiros, Rafael Fantini.

Uma das faixas do trânsito da rodovia, pista sentido capital, precisou ser interditada pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) para garantir segurança da equipe de socorristas, mas foi liberada em seguida. "Depois do trabalho do Corpo de Bombeiros o motorista e o outro ocupante foram levados pelo resgate da concessionária da rodovia, sem gravidade", disse o tenente.

Mortes

Os acidentes graves foram registrados na noite de sexta-feira, 25. A primeira vítima estava dentro da cidade de Catanduva. O motociclista, que não teve a idade informada neste sábado, seguia pela avenida Dona Engrácia, quando bateu em um carro parado na rua e caiu da moto. O rapaz chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas pela gravidade do impacto da batida morreu ainda no local do acidente.

As outras duas mortes foram registradas na estrada vicinal Professor Miguel Brabo que liga as cidades de Itajobi e Novo Horizonte. A primeira batida foi informada à Polícia Militar às 21h30. Um carro de passeio que seguia na estrada sentido Novo Horizonte bateu na lateral de um caminhão canavieiro.

De acordo com as informações do boletim da PM, o caminhão saía de uma estrada rural e entrava na vicinal sentido Itajobi. "foi quando (o carro) surgiu em alta velocidade e bateu na lateral esquerda do reboco", afirma relato do motorista aos policiais. O motorista, 55 anos, morreu.

Com o impacto, a frente do carro, um Sandero, ficou destruída. De acordo com Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), caminhões de cana só podem transitar em pista simples, como a vicinal, entre o amanhecer e o pôr do sol. Em pista dupla a circulação noturna só é liberada mediante autorização.

Dez minutos depois da batida contra o canavieiro, a PM registrou o segundo acidente fatal na vicinal com um motociclista. Segundo o boletim de ocorrência, o rapaz, 32 anos, perdeu o controle da moto em uma curva, colidiu com a cerca e depois caiu em uma área de pastagem.

As duas vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas para a Santa Casa de Novo Horizonte, onde foram constatados os óbitos. Os dois acidentes foram registrados na Delegacia de Polícia Civil de Itajobi.