Ciência da Computação lidera procura na UnespÍcone de fechar Fechar

EM ALTA

Ciência da Computação lidera procura na Unesp

Entre os cursos oferecidos pela Unesp na região, Ciência da Computação, em Rio Preto, é o mais buscado, com 15,8 candidatos por vaga. Física, tanto no Ibilce quanto em Ilha Solteira, é o menos concorrido


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Dezesseis candidatos para cada vaga. Essa é a concorrência do curso de Ciência da Computação, o mais cobiçado da Unesp de Rio Preto no Vestibular 2020. Em contrapartida, o curso de Física - na modalidade bacharelado e licenciatura - é o que tem menos candidatos no Ibilce, com 1,6 para cada vaga. Em Ilha Solteira, esse número é ainda menor, com 30 vagas e 29 pessoas inscritas para o curso, a média é de um candidato por vaga.

Segundo coordenador do curso de Física do Ibilce, Alexandre Suman de Araújo, a baixa procura pelos cursos de exatas tem se acentuado nos últimos anos. "Acreditamos que é porque tivemos a abertura de diversas unidades da Fatec, Etec e Instituto Federal nas cidades da região. Esses alunos, que antes vinham para Rio Preto estudar no Ibilce, agora podem estudar na sua cidade", destacou o professor.

Entre todos os cursos do estado, Medicina em Botucatu continua sendo o mais procurado, com 311 candidatos por vaga, seguido por Psicologia (60,9) em Bauru e Direito em Franca (47,3).

A estudante Yasmin Letícia Porfírio de Almeida, de 18 anos, vai concorrer com aproximadamente quatro candidatos pela tão sonhada vaga em Letras (licenciatura) no Ibilce. "É o segundo ano que estou fazendo cursinho comunitário no Ibilce. Esse ano tentei focar durante o ano nas matérias e principalmente nas questões específicas. Escolhi Letras porque gosto muito de escrever. Pretendo seguir na área acadêmica, fazendo doutorado e quem sabe um dia dar aulas em uma faculdade", destacou a aluna do cursinho comunitário Atlas.

Quem também pretende ingressar na Unesp de Rio Preto é o estudante Diego Cardoso Poiate, de 22 anos. Como forma de focar nos estudos, ele deixou o trabalho de empacotador e se dedica desde o começo do ano aos estudos para ingressar no curso de Ciências Biológicas. "Esse ano eu estou mais confiante, dá aquele frio na barriga, sim, mas vai dar tudo certo. Na minha rotina, estudo durante a tarde toda", contou Diego, que aproveita os últimos dias para estudar na biblioteca do Ibilce.

De acordo com o coordenador responsável pela aplicação das provas da Unesp na região, Fernando Ferrari, o atual cenário no mercado de trabalho ajuda a explicar a baixa procura por cursos de licenciatura. "Essa é uma tendência dos cursos de licenciatura, que formam professores, nenhum deles tem um procura muito alta porque o mercado não é atrativo. Então, ainda que muitos deles façam esses cursos porque gostam de exatas - matemática ou física - depois fazem o mestrado na expectativa de atuar em uma universidade", disse Ferrari.

Como forma de atrair alunos para o curso de Física, o coordenador Alexandre Suman destaca que novas formas de ingresso além do tradicional vestibular da Vunesp estão sendo estudadas junto à reitoria da universidade.

"Temos muitos alunos que são de fora e gostariam de prestar a prova, mas não vão pegar um avião de Fortaleza e vir para a região prestar a prova. Então, estamos tentando propor com a reitoria para implementar um sistema de ingresso alternativo usando o Sisu, para que pessoas de outros estados consigam vir para Rio Preto estudar", explicou.

Atualmente, além de ser aplicada em 31 cidades do estado de São Paulo, a prova da Unesp também é aplicada em Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR) e Uberlândia (MG). Neste ano, o exame será no dia 15 de novembro.

Outra forma de ingresso que começará a valer a partir do Vestibular 2021 é através das medalhas em olimpíadas de conhecimento. Serão 195 vagas, mas os critérios ainda serão definidos pela instituição.

 

Relação candidato por vaga na Unesp na região

Rio Preto

  • Ciência da Computação (integral) - 15,8
  • Engenharia de Alimentos (integral) - 10,4
  • Ciências Biológicas (bacharelado e licenciatura, noturno) - 8,1
  • Letras (tradutor, bacharelado, integral) - 5,9
  • Pedagogia (licenciatura, noturno) - 3,9
  • Letras (licenciatura, integral) - 3,6
  • Letras (licenciatura, noturno) - 3,4
  • Química (Bacharelado em Química Ambiental e Licenciatura em Química, integral) - 2,3
  • Matemática (bacharelado e licenciatura, integral) - 2,3
  • Matemática (licenciatura, noturno) - 1,9
  • Física (Bacharelado em Física Biológica e Licenciatura em Física, integral) - 1,6

Ilha Solteira

  • Engenharia Mecânica (integral) - 8
  • Engenharia Civil (integral) - 7,6
  • Engenharia Agronômica (integral) - 6,7
  • Engenharia Elétrica (integral) - 5,5
  • Ciências Biológicas (bacharelado e licenciatura, vespertino ou noturno) - 5,2
  • Zootecnia (integral) - 3
  • Matemática (licenciatura, noturno) - 1,4
  • Física (licenciatura, noturno) - 1

Cursos mais concorridos no Estado

  • Medicina em Botucatu (integral) - 311
  • Psicologia em Bauru (integral) - 60,9
  • Direito em Franca (matutino) - 47,3
  • Psicologia em Bauru (noturno) - 36,2
  • Medicina veterinária em Botucatu - 36