Diário da Região

04/09/2019 - 17h12min

DEPENDENTES QUÍMICOS

Governo quer dobrar vagas em comunidades terapêuticas

Em março deste ano, ministro da Cidadania assinou um contrato de R$ 153,7 milhões com comunidades que oferecem tratamento a dependentes químicos

Andre Borges/Agência Brasília Comunidades terapêuticas são clínicas que ajudam na recuperação de pessoas com dependência química
Comunidades terapêuticas são clínicas que ajudam na recuperação de pessoas com dependência química

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, afirmou nesta quarta-feira, 4, que o governo federal planeja ampliar, no ano que vem, o número de vagas em comunidades terapêuticas. De acordo com cálculos apresentados à Comissão de Seguridade Social e Família, da Câmara dos Deputados, a expansão de 11 mil para 20 mil vagas exige um investimento de R$ 92 milhões.

"Vocês sabem que nós vivemos uma epidemia gravíssima no Brasil, embora tenha gente que diga que não tem epidemia nenhuma, que não tem problema com droga", afirmou o ministro.

Em março deste ano, Osmar Terra, juntamente com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, assinou um contrato de R$ 153,7 milhões com 216 comunidades terapêuticas, que oferecem tratamento a pessoas com dependência química.

 

Outras ações

Durante sua apresentação, esta quarta-feira, o ministro informou ainda que a área da cultura necessita de um incremento de R$ 167 milhões para 2020.

Já para o programa Criança Feliz, a projeção é de R$ 550 milhões adicionais, que possibilitariam, segundo previsão da pasta, uma cobertura de atendimento a 2 milhões de crianças. Atualmente, a iniciativa tem uma abrangência de 650 mil beneficiários e a expectativa é de que chegue a 1 milhão até o final de 2019.

Consumo de drogas no Brasil

O 3º Levantamento Nacional sobre o Uso de Drogas pela População Brasileira, elaborado por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), indicou que 7,7% dos brasileiros de 12 a 65 anos já consumiram maconha ao menos uma vez na vida e 3,1% experimentaram cocaína. Além disso, a pesquisa, que ouviu cerca de 17 mil pessoas, revelou que 0,9% da população brasileira já fez uso de crack e similares.

Os resultados do estudo foram questionados pelo ministro Osmar Terra. Em entrevista ao jornal O Globo, o ministro disse que o estudo não comprova o que se vê "nas ruas". "Temos que nos basear em evidências", disse Osmar Terra ao jornal O Globo.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.